Geral

Homem chama enfermeira de ”verme” nas redes sociais e é condenado em SC

Mulher foi xingada de "verme" e "escrota" nas redes sociais

Divulgação

Um homem que chamou uma enfermeira de “verme” e “escrota” nas redes sociais foi condenado a seis meses de detenção no regime semiaberto por desacato em Navegantes, no Litoral Norte catarinense. A publicação foi feita em 2017, mas a decisão judicial foi publicada nesta semana.

Consta na denúncia do Ministério Público que no dia 29 de novembro de 2017, por meio de uma rede social, o denunciado desacatou a enfermeira, pertencente ao quadro de servidores municipais de Navegantes, que estava trabalhando no momento do ocorrido.

Em sua defesa, o homem argumentou que as ofensas não foram proferidas “na presença e diretamente à funcionária pública, mas por rede social”. Afirmou que houve, no caso, um desabafo, o qual foi publicado em exercício do direito de liberdade de expressão.

Ao analisar o caso, a juíza substituta Helena Vonsovicz Zeglin constatou que as palavras tiveram como único objetivo desacatar a servidora. “Em razão do excesso cometido, a conduta do acusado não se trata de mero desabafo, de modo que não encontra salvaguarda no direito à liberdade de expressão”, cita na sentença. Da decisão cabe recurso.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Dez escolas municipais de Criciúma já tiveram seus documentos antigos digitalizados

Objetivo da Secretaria de Educação é criar acervo com decretos, cadastros de estudantes e professores, fotos históricas e demais documentos das unidades de ensino

Colégio Satc inicia transição de alunos para novas séries

Desafios e mudanças para os alunos que passam para o Ensino Fundamental são monitorados pelo corpo pedagógico

“Estamos perto de ver o topo da inflação”, diz presidente do BC

Campos Neto afirma que pode haver melhora no ano que vem

Queda de elevador deixa um homem ferido dentro de padaria em SC

Estado de saúde da vítima é estável; acidente aconteceu no bairro América