Segurança

Homem confessa assassinato e diz ter jogado corpo em rio, em Imbituba

Polícia Civil foto de arquivo

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Imbituba cumpriu um mandado de prisão temporária por homicídio contra Dener Inocêncio e de busca e apreensão em sua residência, em São Martinho, limite com Imaruí.

Dener é acusado de assassinar o morador de Imbituba, Moisés Ribeiro, com quem negociava um terreno em São Martinho, em setembro de 2017, quando a vítima desapareceu misteriosamente.

Na época, a família procurou a Polícia Civil, que iniciou a investigação. Várias medidas cautelares foram obtidas. Dentre elas, quebra de sigilo telefônico, interceptação telefônica, quebra de sigilo bancário, quebra de sigilo telemático, busca e apreensão e acesso ao conteúdo dos celulares apreendidos.

Ontem na delegacia, ao ser confrontado com o conteúdo das interceptações, já em seu terceiro depoimento, Dener confessou o crime, dizendo que teria matado Moisés com dois golpes e atirado o corpo no Rio Duna, de cima da ponte situada entre o bairro imbitubense Nova Brasília e o município de Imaruí.

Ainda na manhã de sexta-feira, a Polícia Civil de Imbituba, o autor do crime, e os bombeiros foram até o local indicado, onde foi feita a reconstituição do crime, na tentativa de encontrar o cadáver, mas, até o momento, nenhuma outra pista foi encontrada.

Com informações do Portal A Hora

Notícias Relacionadas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá