Segurança

Homem é condenado a 10 anos de prisão por roubo em loja de informática em Criciúma

O crime ocorreu em janeiro deste ano

Divulgação

Um homem, 33 anos, teve sentenciada sua condenação em 10 (dez) anos, 10 (dez) meses e 18 (dezoito) dias de reclusão com regime inicial fechado, bem como ao pagamento de 24 (vinte e quatro) dias-multa, pelo crime de roubo com uso de arma de fogo e concurso de pessoas.

O crime ocorreu em janeiro deste ano, na Próspera. Uma dupla armada rendeu e amarrou três funcionários de uma loja de informática. A ação foi violenta e premeditada. Foi subtraída quantia em dinheiro e aparelhos celulares. Após o crime, houve fuga em uma motocicleta.

A investigação foi realizada pela Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva e capturou o investigado, que permanece recolhido para cumprimento da decisão. A sentença foi proferida pela 1ª Vara Criminal de Criciúma, com atuação da 1ª Promotoria de Justiça na acusação.

Notícias Relacionadas

Pessoas com 54 e 55 anos serão vacinadas contra Covid-19, em São Ludgero

Durante a vacinação contra Covid-19 as Secretarias de Assistência Social e Saúde estão realizando a campanha “Vacina contra Fome”.

Criança é flagrada dirigindo veículo na Estrada Geral do Rio Novo, em Orleans

A criança foi abordada junto com seu avô, que estava no banco do carona

Mais três unidades de saúde passam por reformas em Morro da Fumaça

São cinco as estruturas que recebem por melhorias nos últimos dois anos

Criciúma vence e assume vice-liderança da Série C

Hygor e Dudu marcaram os gols da vitória do Tigre por 2 a 1 sobre o Ypiranga