Geral

Homem é condenado a 12 anos de prisão por homicídio qualificado em Criciúma

O homem foi condenado a 12 anos de reclusão, em regime inicial fechado

Divulgação

Um homem acusado de homicídio duplamente qualificado foi condenado, em Sessão do Tribunal do Júri na comarca de Criciúma promovida na última quinta-feira (12/11), a 12 anos de reclusão. Segundo a denúncia, o réu teria participado do crime em que um corréu atirou contra um desafeto, mas acabou vitimando outro homem. O crime, supostamente motivado por conflitos referentes ao tráfico de drogas, aconteceu em dezembro de 2015, quando a vítima foi morta a tiros em frente a um clube no bairro Próspera, em Criciúma.

Na sessão presidida pelo juiz titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma, Júlio César Bernandes, o Conselho de Sentença reconheceu que o crime de homicídio foi praticado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima​. O homem foi condenado a 12 anos de reclusão, em regime inicial fechado, e teve negado o direito de recorrer em liberdade. Cabe recurso da decisão ao TJSC. (Ação Penal 0000759-31.2018.8.24.0020)

Notícias Relacionadas

Lançamento da Operação Inverno provoca mudanças do tráfego na Serra do Rio do Rastro

Na segunda-feira, 21, o tráfego estará liberado até as 13h. A partir do dia seguinte, o tráfego volta a ser fechado nos horários já estipulados.

Organizadores da Uphill Marathon participam de reunião com o Executivo de Lauro Müller

Prefeita, vice-prefeita e técnica de Turismo definiram detalhes do evento previsto para acontecer em setembro.

Estado supera a marca de 3 milhões de doses aplicadas de vacina contra a Covid-19

Um dos motivos que explica as altas mais recentes na média de aplicação diária é o início da vacinação por faixa etária de pessoas sem comorbidades

Atletismo ganha colchões para treinamento

O investimento é de R$ 5,9 mil. A entrega foi realizada pelo prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino