Geral

Homem é condenado a 32 anos de prisão por tentativa e feminicídio consumado em Içara

Segundo a denúncia, o crime aconteceu em abril de 2019, no bairro Jardim Elizabete

Divulgação

Um homem de 37 anos foi condenado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado a 32 anos de reclusão, em sessão do Tribunal do Júri promovida na comarca de Içara na última quinta-feira (19). Segundo a denúncia, o crime aconteceu em abril de 2019, no bairro Jardim Elizabete, na cidade-sede da comarca, quando o homem tentou matar sua companheira a facadas, mas foi impedido pela enteada.

A jovem teria impedido a ação do acusado, colocou-se na frente da mãe, foi atingida por diversos golpes de faca e faleceu seis dias
após o crime. O réu foi condenado a 32 anos, um mês e 23 dias de reclusão, em regime inicial fechado, pelos crimes de feminicídio e tentativa de feminicídio. O Conselho de Sentença também reconheceu a causa de aumento da pena, pelo crime ter sido praticado na presença de ascendente e descendente das vítimas. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça. (Ação Penal 0000873-09.2019.8.24.0028)

Notícias Relacionadas

Coorsel recebe mais uma recertificação da ISO 9001:2015

Certificado comprova a qualidade da gestão e o compromisso com o aperfeiçoamento contínuo dos processos.

Calhamaço de obras: Prefeitura de Braço do Norte encerra terceira semana de ações

Para a próxima semana já estão programadas entregas de ordens de serviços para pavimentação nos bairros Uruguaia, Rio Bonito, Sertão do Rio Bonito e União (Capitel)

Saúde Mental, álcool e outras drogas são debatidos em Audiência Pública

Encontro virtual reuniu entidades para debater os desafios e avanços das políticas públicas relacionadas ao tema

Dupla é condenada por homicídio qualificado e ocultação de cadáver em Criciúma

Segundo a denúncia, a vítima teria sido casada com o irmão do réu, que suicidou-se e a crença no suposto envolvimento da mulher nesta morte seria a motivação do crime