Segurança

Homem é condenado em 13 anos de prisão por roubo armado em residência de mulher grávida e com criança em Criciúma

O roubo ocorreu no bairro Poço Um, em Criciúma

Divulgação

O sentenciado (31 anos) teve sua pena definida em 13 anos, 9 meses e 26 dias de reclusão, em regime inicial fechado, além do pagamento de multa. Os fatos foram registrados em janeiro do ano passado e investigados pela Divisão de Repressão à Roubos da Polícia Civil de Criciúma (DRR/DIC-PCSC), coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi.

O roubo ocorreu no bairro Poço Um, em Criciúma. Durante a madrugada, uma dupla de homens armados invadiu residência habitada por uma mulher grávida de oito meses e uma criança de seis anos. Os criminosos renderam e amarraram as vítimas. Mediante ameaças, subtraíram diversos objetos e o veículo da família. O carro foi localizado dois dias depois pela Polícia Militar. O sentenciado foi autuado em flagrante neste dia por tráfico de drogas.

As investigações foram bem sucedidas em apontar indícios de autoria. Houve representação pela Polícia Civil para prisão preventiva. O sentenciado seguiu preso na preventiva durante a instrução processual e permanece recluso para cumprimento da pena. Possui histórico de envolvimento em outros delitos graves. A sentença foi proferida pela magistrada da 2ª Vara Criminal de Criciúma, com atuação da 2ª Promotoria de Justiça na acusação.

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia