Litoral

Homem é preso pela PF em Florianópolis em operação contra pornografia infantil

Com ele foram apreendidos equipamentos com mais de 20 mil arquivos com cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes.

Foto: Divulgação

Um homem de 33 anos foi preso em flagrante nesta terça-feira (18) em Florianópolis, durante a operação Ovelha Negra, da Polícia Federal, contra pornografia infantil. Com ele foram apreendidos equipamentos eletrônicos que tinham mais de 20 mil arquivos com cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes.

Durante as investigações, o usuário foi identificado pela PF após ter baixado e compartilhado com usuários do mundo todo, usando um software, mais de 500 arquivos com imagens e vídeos de cunho pornográfico infantil.

A prisão em flagrante ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão. Conforme a PF, a operação recebeu esse nome porque o investigado tem conduta transgressora, diferentemente dos demais familiares. Ele está preso na Polícia Federal enquanto aguarda vaga no presídio da capital.

O compartilhamento de arquivos de pornografia infantil é crime previsto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e tem pena de três a seis anos de prisão. A posse de arquivos de pornografia infantil, tipificada no artigo 241-B do ECA, tem punição de um a quatro anos de reclusão.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Homem é preso em flagrante com material de pornografia infantil em Jaguaruna

Polícia Federal fez nesta quarta-feira (10) operação contra esse tipo de crime. Prisões foram em Florianópolis e Jaguaruna.

Morador de Jaguaruna acusado por pedofilia é solto

Polícia Federal deflagra operação contra fraudes em depósitos judiciais trabalhistas no Sul

Mandados de prisão e busca e apreensão acontecem inicialmente em Cocal do Sul, Urussanga e Criciúma.

Mulher tenta pagar café com nota falsa e é detida em Criciúma

Segundo informações, a acusada negou o crime informado pela proprietária do estabelecimento.