Segurança

Homem expõe fotos da ex no Instagram, e MP pede que imagens sejam excluídas

Ele está sendo investigado por crime de perseguição, ameaça à integridade física e psicológica e invasão da liberdade e privacidade

Divulgação

Um homem que postou 19 fotos difamando a ex-namorada no Instagram, em Lages, na Serra de Santa Catarina, terá que excluir as publicações e repassar os dados das contas para a Justiça, conforme determinou o Ministério Público.

Ele teria criado três contas falsas na rede social para compartilhar as imagens após o fim do relacionamento com ela. Segundo o MP, a ação foi motivada por vingança.

A vítima conseguiu medidas protetivas contra o ex.

O Instagram também foi acionado e terá que compartilhar a geolocalização do usuário desde fevereiro de 2021 até maio deste ano. O Tribunal de Justiça pediu ainda autorização para empreender diligências extrajudiciais e evitar que os dados cadastrais se percam caso as contas venham a ser excluídas.

O homem pode responder por crime de perseguição, ameaça a integridade física e psicológica e invasão da liberdade e privacidade.

A investigação segue em andamento.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Empresário é morto por diversos disparos de tiros em Forquilhinha

A vítima foi atingida nas Pernas, costas e no pescoço

Cidades de SC entram em situação de emergência por conta de desastres naturais; saiba quais

A Defesa Civil Nacional reconheceu a situação de emergência de mias 12 municípios, em outros Estados do Brasil

Polícia Civil com apoio da Polícia Militar recapturam foragido

O capturado é suspeito de um furto em uma farmácia na cidade de Morro da Fumaça

Presidente da Coorsel Ivanir Vitorassi é homenageado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

A liderança cooperativista, que também é conselheiro do Sescoop/SC, teve sua atuação em prol do setor reconhecida junto a outras 23 personalidades do estado.