Segurança

Homem foi morto por três menores de idade por dívida de drogas, em Criciúma

Conforme a polícia, Otávio Tomaz Filho, de 46 anos, foi morto com quatro disparos de arma de fogo na cabeça e nas costas.

Foto: Rafaela Custódio / Portal Engeplus

Três adolescentes – de 15, 16 e 17 anos – foram indiciados pelo homicídio de Otávio Tomaz Filho, de 46 anos, morto com quatro disparos de arma de fogo na cabeça e nas costas. O crime ocorreu na noite dessa terça-feira (29), em um galpão abandonado no bairro Paraíso, em Criciúma.

Todos os três possuem envolvimento no tráfico de drogas. Eles prestaram depoimento na Divisão de Investigação Criminal – DIC de Criciúma, nesta tarde, e confessaram, com riqueza de detalhes, a autoria do homicídio. Eles relataram que mataram Otávio pelo fato de ele estar lhes devendo R$ 300 de crack. Segundo eles, o usuário de droga ignorava os pedidos para que quitasse o débito. Dessa forma, os três revesaram e atiraram contra a vítima. Eles contaram ainda que perderam a pistola calibre .380 durante a fuga.

O caso está sendo repassado à Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso – DPCAMI de Criciúma, tendo em vista a inimputabilidade dos três assassinos confessos. Este foi o 5º homicídio registrado na cidade em 2019. Os outros quatro assassinatos foram:

1º – Data do fato: 01/01/2019 – Vítima: Sidnei Leriano da Rocha – Esclarecido/autor foragido;

2º  – Data do fato: 02/01/2019 – Vítima: Jandir dos Santos José – Esclarecido/autor preso;

3º – Data do fato: 02/01/2019 – Vítima: Florisvaldo Pereira – Esclarecido/autor preso;

4º – Data do fato: 23/01/2019 – Vítima: Não identificada – Em investigação.

Este ano também foi registrado um latrocínio praticado contra Wilson Aguiar de Souza, no dia de 12 de janeiro. O crime que está sendo investigado pela Divisão de Roubos da DIC de Criciúma. Gabriel Jordan da Silva também foi morto, no dia 27 de janeiro, no bairro Cristo Redentor. Conforme o delegado de Polícia, André Milanese, há fortes indícios apontando para morte causada por overdose de drogas. Tal suspeita será confirmada com a conclusão dos laudos solicitados ao Instituto Geral de Perícias – IGP.

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.