Segurança

Homem mantém corpo de amigo escondido por 8 dias em kitnet na Serra Catarinense

A Polícia Civil iniciou um inquérito para investigar o caso e esclarecer os fatos que levaram à morte do homem.

Foto: Divulgação

Após uma semana de mistério, as autoridades descobriram um caso chocante de homicídio em Curitibanos, na Serra de Santa Catarina. Fábio Pacheco de Oliveira, de 54 anos e natural do Rio Grande do Sul, foi encontrado sem vida em sua própria kitnet no bairro Bom Jesus. O principal suspeito do crime é um colega de quarto, que teria mantido o corpo escondido por oito dias.

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu durante o último final de semana, após uma discussão entre os dois homens enquanto bebiam juntos. O desentendimento escalou para uma briga física, na qual o suspeito, ainda não identificado, aplicou um golpe conhecido como “mata leão” em Fábio, deixando-o inconsciente.

Inicialmente, o suspeito acreditava que Fábio apenas havia desmaiado, mas depois percebeu que o havia matado. Mesmo assim, optou por esconder o corpo dentro da kitnet, utilizando produtos de limpeza para disfarçar o odor cadavérico.

Foi somente no domingo seguinte que o suspeito decidiu revelar o ocorrido a seu empregador, que imediatamente acionou as autoridades. Contudo, devido ao lapso temporal desde a ocorrência do crime, o flagrante não pôde ser configurado, e o suspeito foi liberado após prestar depoimento.

A Polícia Civil iniciou um inquérito para investigar o caso e esclarecer os fatos que levaram à morte de Fábio Pacheco de Oliveira.

Informações retiradas do NSC Total para escrita do texto.

Notícias Relacionadas

Homens invadem casa, amarram família e agridem morador em Balneário Rincão

Os criminosos levaram dinheiro, celulares, um carro e uma motocicleta.

Concursos em SC: 16 editais encerram inscrições esta semana; salários chegam a R$ 22 mil

Em Orleans, há 18 vagas de níveis alfabetizado, fundamental, médio e superior, e salário de até R$ 9.684,77.

Colisão seguida de capotamento é registrada na SC-108, em Urussanga

A condutora do veículo que capotou, de 20 anos, foi conduzida ao hospital; os outros dois ocupantes dos veículos envolvidos não se feriram.

Chuva deixa comunidade isolada e arrasta carro com pai e filha dentro, em Garopaba

O caso ocorreu quando o condutor da caminhonete tentou atravessar uma pequena ponte sobre o Rio Encantada próximo, próximo à cachoeira.