Geral

Homem que matou ex-companheira estrangulada em Lages é condenado a 20 anos de prisão

Mulher foi agredida com golpes de bastão metálico, socos, chutes e foi estrangulada

Divulgação

O homem que matou a ex-companheira em 2019 em Lages, na Serra Catarinense, foi condenado pela Justiça nesta quinta-feira (19) a 20 anos de prisão em regime fechado. A mulher foi agredida com golpes de bastão metálico, socos, chutes e foi estrangulada.

Conforme o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), o réu praticou homicídio triplamente qualificado – feminicídio, motivo imoral e meio cruel. Depois de cometer o crime, o homem escondeu o corpo da ex-companheira embaixo de um assoalho.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher sofria violência sexual e queria se separar do marido, mas ele não aceitou a separação, o que teria provocada uma discussão entre eles que resultou na morte da vítima.

A denúncia feita pelo Ministério Público apontou que o réu teria estuprado a vítima dias antes do homicídio. No entanto, os jurados absolveram o homem em relação a este fato. Na sentença, a juíza Jessica Evelyn Campos Figueredo Neves negou ao réu o direito de recorrer em liberdade.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Revista Legislativa

Nesta 27ª edição de 2021, participam os vereadores Guilherme Coan (PP) e Manoel Leandro Filho (MDB).

Polícia Civil de Orleans prende autor de violência doméstica

A mulher procurou a Delegacia de Polícia, ainda com sangramento no nariz; os policiais civis foram até a residência e deram voz de prisão ao homem.

PM de Orleans atende vítima de violência doméstica e cárcere privado e localiza o acusado

A mulher estava com vários hematomas pelo corpo e no rosto, com muito medo e queria voltar para sua cidade, em São Paulo.

Polícia Civil de Orleans localiza criança desaparecida no loteamento Nova Orleans

A menina de 10 anos desapareceu da casa da família por volta das 17 horas e foi localizada às 19 horas, aproximadamente.