Segurança

Homem se esconde em carro para matar mulher e solta veículo em ladeira para simular acidente em SC

Segundo a Polícia Civil, suspeito tentou fingiu acidente para ocultar o crime. Carro onde corpo estava foi encontrado em colisão com outros dois veículos em Chapecó.

Foto: Divulgação

Uma mulher de 48 anos foi morta ao entrar no próprio carro para ir trabalhar em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, na quinta-feira (22). Segundo a Polícia Civil, o suspeito é o ex-marido dela, que tinha uma cópia da chave e a esperava dentro do veículo. Ele foi preso em flagrante.

Conforme o delegado Éder Matte, o homem de 51 anos confessou que matou a vítima, identificada como Sonia Matielo, estrangulada com um fio de luz. Em seguida, levou o carro com o corpo até uma rua em declive e o largou em ponto morto para simular um acidente.

O carro modelo Ford Fiesta, ocupado apenas pela mulher, foi encontrado pela Guarda Municipal de Chapecó na Avenida José Ernesto de Marco, por volta das 8h, em colisão com uma motocicleta e um Fiat Uno.

“À primeira impressão, parecia ser um mal súbito seguido de um acidente de trânsito. A equipe da DIC compareceu no local junto com a Polícia Científica, quando verificou indícios de um homicídio por estrangulamento”, informou o delegado Eder Matte.

A Polícia Civil aguarda o resultado de laudos para confirmar a causa da morte.

Inicialmente, conforme a investigação, o homem negou envolvimento na morte da mulher, com quem teve um relacionamento de cerca de 30 anos, mas confessou o crime ao ser confrontado com informações levantadas pela polícia.

O crime

O assassinato ocorreu próximo das 7h, um dia após ter se encontrado com a mulher para definir a divisão de bens do casal, separado há cerca de dois meses, de acordo com a polícia. A mulher teria aproveitado a ocasião para assumir um novo relacionamento.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito, que tentava reatar o casamento, “ficou descontrolado” com a informação e, ao amanhecer, decidiu ir até o prédio onde Sonia morava para tirar a vida dela.

“Ele já tinha residido no prédio, na época em que eles eram casados. Então, os vizinhos o conheciam. Ele esperou um morador do prédio sair, às seis da manhã, e solicitou que o deixasse entrar, se passando ainda por morador”, explicou o investigador.

Em seguida, conforme Matte, o suspeito entrou no carro e, escondido, esperou a vítima no banco traseiro.

Após os trâmites legais na delegacia, o homem foi encaminhado ao presídio de Chapecó.

Com informações do g1 SC

Notícias Relacionadas

Homens invadem casa, amarram família e agridem morador em Balneário Rincão

Os criminosos levaram dinheiro, celulares, um carro e uma motocicleta.

Concursos em SC: 16 editais encerram inscrições esta semana; salários chegam a R$ 22 mil

Em Orleans, há 18 vagas de níveis alfabetizado, fundamental, médio e superior, e salário de até R$ 9.684,77.

Colisão seguida de capotamento é registrada na SC-108, em Urussanga

A condutora do veículo que capotou, de 20 anos, foi conduzida ao hospital; os outros dois ocupantes dos veículos envolvidos não se feriram.

Chuva deixa comunidade isolada e arrasta carro com pai e filha dentro, em Garopaba

O caso ocorreu quando o condutor da caminhonete tentou atravessar uma pequena ponte sobre o Rio Encantada próximo, próximo à cachoeira.