Geral

HSJosé passa a integrar o Movimento de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Nesta quarta e quinta-feira, 27 e 28 de janeiro, o movimento será apresentado aos colaboradores

Divulgação

O Hospital São José de Criciúma está incluído entre os signatários do Movimento de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A iniciativa é um movimento social constituído por voluntários, de caráter apartidário, plural e ecumênico, que tem a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense. Entre as principais ações desenvolvidas está o trabalho para cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova Iorque.

Para demonstrar a importância do movimento, nesta quarta e quinta-feira, 27 e 28 de janeiro, os colaboradores serão apresentados ao movimento e conhecerão os 17 tópicos que fazem parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. “O movimento busca a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada. Precisamos buscar mudanças positivas no mundo em que vivemos, e com o Movimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), podemos vivenciar trocas de experiências com outros Signatários e estimular cada vez mais nossos colaboradores e a própria comunidade neste engajamento de sustentabilidade. Fazendo assim um mundo melhor para nossas gerações”, explica a assistente de Meio Ambiente do setor de Qualidade do HSJosé, Franciani Sandrini Angulski.

Para a direção do HSJosé, este é mais um importante passo que reforça o cuidado que a instituição tem com as pessoas. “Ser Signatário deste movimento é muito importante pois reforça nosso compromisso com a sustentabilidade das gerações futuras e o cuidado com a nossa casa comum. Todos devemos ser responsáveis por este cuidado, pois todas ações do presente interferem no amanhã e na continuidade das espécies”, enaltece a diretora do hospital, Irmã Isolene Lofi.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:

1 – Erradicação da Pobreza: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

2 – Fome Zero e Agricultura Sustentável: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.

3 – Saúde e Bem-estar: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades.

4 – Educação de Qualidade: assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todas e todos.

5 – Igualdade de Gênero: alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

6 – Água Potável e Saneamento: assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos.

7 – Energia Limpa e Acessível: assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todas e todos.

8 – Trabalho Decente e Crescimento Econômico: promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todas e todos.

9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura: construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

10 – Redução das Desigualdades: reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis: tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

12 – Consumo e Produção Responsáveis: assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

13 – Ação contra a mudança global do clima – tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

14 – Vida na Água: conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

15 – Vida Terrestre: proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.

16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes: promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

17 – Parcerias e Meios de Implementação: fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Notícias Relacionadas

Braço do Norte em busca de mais recursos em Brasília

O prefeito em exercício de Braço do Norte, Ronaldo Fornazza, retorna de Brasília nesta quinta-feira, 16, com novidades para o Município.

Suspensão da vacina para adolescentes revolta gestores da saúde de SC

Secretários municipais falam em "picuinha" do ministro e apontam para a falta de dados técnicos para suspender a vacinação deste grupo.

Refis 2021: contribuintes já podem solicitar renegociação em Braço do Norte

Os descontos de juros e multas são de 100% para pagamento em até três parcelas.

Homem sofre choque elétrico após encostar barra de alumínio em rede de alta tensão em Içara

Ele estava sobre o telhado da edificação comercial durante o acidente de trabalho e sofreu queimaduras elétricas de 3° grau.