Saúde

HSJosé recebe reconhecimento Nacional pelo atendimento e tratamento de AVC

A entidade, por meio da equipe multidisciplinar, foi reconhecida na categoria Gold pela Angels Awards, um programa mundial que capacita e realiza um contínuo aperfeiçoamento com equipes de hospitais para atender pacientes com suspeita de AVC.

Divulgação

Receber um reconhecimento pelo excelente atendimento aos serviços prestados aos pacientes acometidos com Acidente Vascular Cerebral – AVC foi a grata alegria para fechar o ano tão difícil que foi 2020.

A premiação é decorrente do serviço exclusivo para atendimento de pessoas suspeitas com AVC que chegam no HSJosé. A entidade, por meio da equipe multidisciplinar, foi reconhecida na categoria Gold pela Angels Awards, um programa mundial que capacita e realiza um contínuo aperfeiçoamento com equipes de hospitais para atender pacientes com suspeita de AVC.

A categoria ouro se dá, devido a excelência e o tempo de atendimento médio de 45 minutos; chamado porta agulha; que recebe pacientes que chegam no hospital e recebem todo tratamento necessário para doença em um tempo determinado pelo programa; porém, o tempo de atendimento no HSJosé foi de 38 minutos.

“Este tempo médio de 45 minutos, mostra a qualidade e agilidade do atendimento ao paciente, desde o momento em que ele entra no hospital, passa pelos exames, até receber a medicação na veia. É gratificante demais receber este tipo de reconhecimento de nível mundial para o Hospital São José. E esta foi a primeira vez que nossa equipe participou de um processo como este; e já recebendo o reconhecimento desta grandeza”, aponta Dra Gisele de Medeiros (CRM-8552/ RQE-3024), responsável pela Unidade de AVC do HSJosé e diretora clínica da Entidade.

A saudação esta ligada à Sociedade Iberoamericana de Doenças Cerebrovasculares e à Organização Mundial de AVC. De acordo com os dados da própria Sociedade, a premiação é concedida desde 2018, e tem como objetivo trazer destaque às equipes de profissionais da saúde dos hospitais que prestam este tipo de atendimento.

Segundo os organizadores, cinco Hospitais no Brasil receberam o reconhecimento e apenas dois no país a indicação ouro, e o HSJosé é uma deles. No Brasil, 300 Entidades participam do prêmio e cerca de 2800 instituições concorrem a premiação.

“Estes dados mostram que a estrutura montada para o AVC no HSJosé é de grande ganho para a saúde da região. Já salvou e vai salvar ainda mais vidas, e reduzir as sequelas”, aponta um dos neurologistas do serviço Dr. Fernando Topanotti Tarabay (CRM-22270/RQE18727).

Dados importantes

A Organização Mundial de Saúde aponta, que o AVC é a segunda causa de morte em todo mundo e primeira que traz sequelas às pessoas. Os dados demonstram também, que mais de 13 milhões de pessoas sofram com este problema no mundo; e que uma a cada quatro pessoas será acometida com a doença.

“Além da alegria de receber este reconhecimento, entendemos que estamos no caminho certo para ajudar as pessoas que sofrem com o AVC. Esta doença, se tratada de forma rápida, pode diminuir significativamente as sequelas no paciente e é este nosso objetivo, tratar o paciente o mais rápido possível com toda qualidade e excelência necessária”, finaliza a neurologista.

Notícias Relacionadas

Queda de menino em atração no Beto Carrero World: o que se sabe e o que falta saber

Segundo boletim médico, criança segue internada com quadro de saúde estável e apresenta 'pouca sequela neurológica'.

‘Melzinho do amor’: o que se sabe até agora do produto vendido na internet e proibido pela Anvisa

Produção, publicidade e comercialização estão proibidas desde maio no Brasil e ainda não se sabe exatamente qual é a composição da substância.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em maio

Beneficiários do Bolsa Família com NIS 5 também receberão hoje.

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 2,5 milhões

Quina de São João sorteia no sábado prêmio estimado em R$ 170 milhões.