Geral

Idosa morre com suspeita de coronavírus em Criciúma

Mulher de 71 anos morreu na tarde desta quinta-feira (2), no Hospital São José.

Divulgação 

Nesta quinta-feira (2), Criciúma, confirmou a primeira morte por coronavírus. O empresário Evaldo Stopassoli, de 73 anos, morreu na madrugada de quarta-feira, mas o resultado comprovando que a morte foi provocada pela Covid-19 só foi divulgado nesta quinta.

No mesmo dia, a cidade pode ter registrado a segunda morte por coronavírus. Uma idosa de 71 anos morreu nesta tarde e a suspeita é de que ela tenha sido vítima da Covid-19. Seria a sexta morte pela doença em Santa Catarina.

Apesar disso, o caso ainda não foi totalmente confirmado. A idosa estava internada no Hospital São José e o município só irá comunicar se a morte foi causada pelo coronavírus após a liberação dos laudos pelo Lacen (Laboratório Central).

A paciente é de Balneário Gaivota e chegou ao Hospital São José após ser transferida do Hospital Regional de Araranguá.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Secretaria da Saúde desmente notícias falsas sobre casos de coronavírus no Norte de SC

Informações da doença na cidade de São Ludgero também são falsas. Nenhum caso foi confirmado em Santa Catarina.