Geral

Iluminação na Dança: projeto inédito movimenta público ligado à dança

A proposta é oferecer conhecimento sobre a importância da iluminação cênica para trabalhos coreográficos e a importância do posicionamento dos bailarinos no palco

Divulgação

Um projeto inédito vai movimentar toda a região no mês de março. O professor, bailarino, coreógrafo, iluminador e pesquisador de dança Anderson Felisberto Cristiano realiza o projeto “Iluminação na Dança: Diálogo entre iluminador, bailarinos(as) e coreógrafos(as)”. São convidados do evento, a Bailarina Viviane Candiotto e o técnico de iluminação Marcelo Elias Cardoso.

A proposta é oferecer conhecimento sobre a importância da iluminação cênica para trabalhos coreográficos e a importância do posicionamento dos bailarinos no palco, trabalho inédito para públicos ligados a espetáculos de dança.

“Com este projeto vamos ajudar muitos grupos da região a construírem trabalhos coreográfica ricos, oportunizando aos seus espectadores experiências únicas e diferenciadas”, pontua Anderson.

Serão 4 encontros entre iluminadores, coreógrafos, bailarinos e público interessado, que terão como público base os estudantes das oficinas de dança e grupos de dança dos municípios de Criciúma, Sombrio, Lauro Müller e Orleans. Para acompanhar os encontros on-line, não é necessário conhecimento técnico prévio.

A iluminação cênica na dança é uma importante aliada de coreógrafos e diretores e tem o propósito de provocar experiências sensíveis no espectador. O evento vai demonstrar formas simples de construir um projeto de iluminação e seus desenhos na dança, bem como orientar sobre a importância do bom posicionamento dos bailarinos no palco. A ideia é desenvolver o diálogo entre o técnico de luz ou iluminador e as ideias que o coreógrafo pretende mostrar na coreografia.

O evento vai acontecer na forma de transmissão on-line em tempo real (live), com interatividade entre os participantes e ministrantes utilizando a plataforma Google Meet. As apresentações acontecem nas quatro cidades para grupos de dança, coreógrafos, e população interessada.

Toda a transmissão será gravada na Escola de Dança Viviane Candiotto e disponibilizada após o evento.

O projeto foi selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021, executado com recursos do Governo Federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Datas das oficinas:

Lauro Müller

6/3/2022
Horário: 14 horas

Sombrio

11/3/2022
Horário 20:30

Orleans

12/03/2022
Horário 14 horas

Criciúma

13/03/2022
Horário 18 horas

Contato para entrevistas:

Anderson Felisberto Cristiano – Bailarino, roteirista, coreógrafo.
Fone:48 999959759
Instagram: @felis_anderson

Divulgação

Divulgação

Notícias Relacionadas

Dívida de R$ 2 mil motivou tiros contra sargento da PM em SC

Policial Militar foi vítima de uma tentativa de homicídio na madrugada do último sábado (21); quatro suspeitos foram presos

SC tem quase 100% de taxa de ocupação de leitos de UTI pediátricos e neonatais

Ocupação de leitos de UTI pediátricos chega a 97,9% no Estado; bebê de dois meses aguarda abertura de leito em hospital da Capital para realizar cirurgia

Barco vira e pescador é resgatado por helicóptero da Polícia Civil que fazia treinamento em SC

Resgate começou quando populares começaram a acenar para a tripulação. Vítima se chocou contra o barco.

Inscrições abertas para bolsas de Estudos PMC/Esucri

Os candidatos dos 13 cursos de graduação podem realizar o cadastro on-line