Geral

IMA libera licença para obras no cais do Terminal Portuário de Navegantes

A obra representa um investimento de R$ 500 milhões

Divulgação

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) emitiu a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para que a empresa Portonave inicie a obra de melhorias no cais de atracação do Terminal Portuário de Navegantes. A obra representa um investimento de R$ 500 milhões e será fundamental para modernizar os berços de atracação do porto, para assim receber navios maiores, e também aumentar a sua produtividade. “Trata-se de um empreendimento comprometido com a preservação ambiental da região portuária, e que representará um importante avanço para o desenvolvimento social e econômico do estado”, afirmou o presidente do IMA, Daniel Vinicius Netto.

Atualmente, a Licença Ambiental de Operação (LAO) do porto desenvolve planos ambientais fundamentais, que garantem a viabilidade ambiental da atividade, como o Monitoramento da Água Subterrânea; Monitoramento da Qualidade do Ar e Emissões Atmosféricas; Monitoramento da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE; Monitoramento do Ruído Ambiental; Gerenciamento de Resíduos Sólidos; Programa de Recuperação Ambiental, Resgate de Fauna; Cortina Verde; Emergências Ambientais; Monitoramento do Estuário.

“O transporte marítimo é o modal fundamental para o comércio internacional, sua movimentação fortalece a economia com as exportações e gera uma importante fatia de empregos no estado. O Governo de Santa Catarina atua em conjunto em várias frentes, com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do nosso estado. São ações assertivas, com foco na retomada econômica e na geração de oportunidades para o futuro próximo”, enfatizou o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon.

Para o gerente de segurança da Portonave, Fabrício Martins, “as obras de melhoria no cais serão desenvolvidas com o objetivo de buscar o crescimento econômico, em equilíbrio com os aspectos sociais e ambientais. Todas as etapas da obra foram planejadas buscando a minimização de riscos ambientais. Nosso objetivo é tornar esta obra um case de sucesso em sustentabilidade”.

A Portonave

Junto a uma atuação comprometida com o desenvolvimento sustentável da região, a empresa busca continuamente a prestação de serviços com excelência e a melhoria contínua de seus processos, sendo uma referência no segmento portuário. Segundo informação divulgada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), a Portonave está na lista dos cinco maiores portos e terminais no Brasil em movimentação de contêineres, neste primeiro semestre de 2021. O terminal privado lidera com 9,2% de participação no total movimentado no país, com crescimento de 42,1%, sendo significativos 91% de navegação de longo curso.

Nos seis primeiros meses de 2021, a Portonave estabeleceu o maior índice de crescimento entre os terminais do Brasil na movimentação de contêineres, na comparação com o mesmo período do ano passado, e já soma 660.099 TEUs. Com produtividade média de 103,9 mph por navio e volume aproximado de Gate de aproximadamente 43 mil caminhões no último mês de julho, o terminal é líder na movimentação de contêineres no Sul em ambos os segmentos: importação e exportação e em escala nacional se destaca em terceiro lugar no ranking dos terminais de contêineres.

“A Portonave sempre teve a visão de trabalhar constantemente em projetos de investimentos com o intuito de atender ao aumento da demanda e manter o porto de Navegantes e o Brasil atrativo, principalmente no quesito de infraestrutura e na prestação de serviço com excelência”, destacou o gerente comercial da empresa, Rodrigo Gomes.

Notícias Relacionadas

Governador lança Programa Bolsa Estudante para combater a evasão escolar

O programa será instituído por Projeto de Lei (PL) que será encaminhado à Assembleia Legislativa.

São Ludgero vacina contra Covid-19 adolescentes com 13 anos

Acontece na Sala de Vacinas, localizada na ESF Margem Esquerda.

Mulheres Artesãs da Coopercocal retomam atividades presenciais

As atividades iniciaram na última semana, com capacidade reduzida, seguindo todos os protocolos de segurança.

CRAS de Orleans é invadido e tem TV, notebook, celular e caixas de som furtados

Quando chegou para trabalhar no local, servidora constatou que a janela estava aberta e que havia uma cadeira próxima a ela.