Geral

Imagem mostra anúncio de areia de Balneário Camboriú por R$ 99

Valor era referente a 500 gramas do "produto" e foi reitado do ar na quarta-feira.

Divulgação

A imagem de um anúncio oferecendo uma porção de areia da Praia Central de Balneário Camboriú, no Litotal Norte, por R$ 99 foi compartilhada diversas vezes nas redes sociais no início desta semana. O valor era referente a 500 gramas do produto. Na quarta-feira (4), a oferta aparecia como pausada.

A publicação atraiu diversos comentários, a maioria em tom de brincadeira. O prefeito do município, Fabricio Oliveira (Podemos), também comentou o caso (veja as imagens abaixo).

Segundo a assessoria do e-commerce, onde o produto estava sendo ofertado, a publicação foi moderada pela equipe de Prevenção a Fraudes do site e não está mais disponível.

A Praia Central foi alargada em dezembro de 2021 e recebeu mais de dois milhões de metros cúbicos de areia, o que triplicou o espaço à beira-mar. O anúncio, no entanto, não faz referência ao alargamento.

Obra

A largura da praia foi aumentada em toda a extensão da orla, que é de 5,8 quilômetros. Para o ano que vem, após a temporada de verão, estão previstas obras no calçadão da Avenida Atlântica, rua em frente à faixa de areia, e o plantio de vegetação de restinga, uma exigência do licenciamento ambiental da obra.

Acontecimentos durante a obra

Aparição de conchas

Logo após o início dos trabalhos com a draga, centenas de conchas apareceram na orla da Praia Central. Uma moradora, que também é fotógrafa, registrou o caso em 25 de agosto. As conchas foram encontradas em uma área de obras, à época, no trecho da Barra Sul

Atolados na areia

Três pessoas foram resgatadas após ficarem “atoladas” em uma parte da obra de alargamento da faixa de areia em 31 de outubro. Uma semana antes, outras duas moradoras também precisaram do auxílio de guarda-vidas depois de ficarem presas na areia mole.

Tubarões aparecem na orla

A Prefeitura de Balneário de Camboriú monitora o aparecimento de tubarões e outros animais na orla da Praia Central. Segundo a secretária Municipal de Meio Ambiente, Maria Heloísa Lenzi, uma mudança no conjunto de seres vivos, flora e fauna que habitam naquela região já era esperada.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Cidade de SC lança cartilha de saúde em idioma do Haiti para atender os mais de 300 imigrantes

Objetivo do material é facilitar a comunicação entre esse grupo e os profissionais da áre da saúde

SC tem menor taxa de desemprego do país no 1º trimestre de 2022, segundo IBGE

Taxa de desemprego no Estado foi de 4,5%, menos da metade do dado médio nacional que foi de 11,1%

Trio é suspeito de matar homem a tiros e facadas em SC

Crime ocorreu no interior de Itaiópolis, na noite de domingo (15)

Turismo nacional avança mais de 75% em março na comparação com 2021

Dados do Índice de Atividades Turísticas do Brasil reforçam as perspectivas de recuperação do setor