Segurança

Imagens de câmeras de hotel são analisadas para identificar suspeito de matar jovem em Lages

Thays Greice Barboza, 29 anos, mandou mensagem para uma amiga horas antes do crime se referindo ao homem: “Amiga, achei esse guri é estranho”

Divulgação

As imagens das câmeras do hotel em que a jovem Thays Greice Barboza, 29 anos, foi encontrada morta estão sendo analisadas pela polícia. O objetivo é identificar o homem que estava com a vítima no local. A identidade dele não foi revelada pela polícia. A mulher foi encontrada sem vida com sinais de violência.

O caso aconteceu na noite de quarta-feira (7). Segundo a Polícia Militar, uma amiga da vítima disse que Thays era garota de programa. Horas antes de ser encontrada morta, ela mandou uma mensagem se referindo ao homem que com quem estava: “Amiga, achei esse guri estranho”.

O delegado Davyd Girardi, responsável pelo caso, informou que ainda faz diligências e que não pode dar detalhes. Não foi informado se o homem que estava com Thays foi identificado.

Thays era natural de São José, na Grande Florianópolis. Não foram divulgadas informações sobre seu sepultamento.

Feminicídio em Lages

Dois casos de feminicídio foram registrados em Lages durante o mês de junho. No dia 2, uma mulher de 24 anos foi morta a facadas pelo ex-companheiro. O filho da vítima, uma criança de 5 anos, estava no local do crime quando a mãe foi assassinada.

Ana Júlia Floriano, 19 anos, estava grávida quando foi morta. O ex-companheiro é o principal suspeito do crime. Ela já tinha relatado à polícia ameaças que sofreu do homem.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Forquilhinha decreta situação de emergência após alagamentos

Últimos dias para eleitores com deficiência pedirem mudança para seção com acessibilidade

Senado aprova redução na idade mínima para laqueadura

Fifa antecipa início da Copa do Mundo para 20 de novembro

Jogo entre Catar e Equador abrirá o próximo Mundial