Geral

Imigrantes de Santa Catarina tem centro de atendimento

Os imigrantes serão orientados, por exemplo, sobre como regularizar seus documentos. O atendimento também inclui o encaminhamento para vagas de emprego.

Foto: Divulgação

A partir da próxima segunda-feira, 5 de fevereiro, inicia o atendimento do Centro de Referência e Atendimento ao Imigrante (CRAI) de Santa Catarina de segunda a sexta das 9h às 12h e das 14h às 17h30. O local foi entregue nesta quinta-feira, 1º de fevereiro numa solenidade na sede do Crai que está na rua Tenente Silveira no: 225 sala 1, Edifício Hércules, no centro de Florianópolis.

A rede pública de atendimento ao imigrante tem R$ 300 mil em recursos da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) para funcionar em 2018. “O Crai simboliza o respeito que o estado tem com os imigrantes que chegam aqui em busca de um recomeço, de trabalho sério e de vida nova”, disse o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) e deputado estadual, Valmir Comin.

Os serviços de atendimento e orientação do Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes e Refugiados (CRAI) serão executados pela Ação Social Arquidiocesana (ASA). Os imigrantes serão orientados, por exemplo, sobre como regularizar seus documentos. O atendimento também inclui o encaminhamento para vagas de emprego por meio da integração com o banco de dados do Sistema Nacional de Empregos (Sine). “A expectativa é de que sejam atendidas 30 pessoas ou mais por dia em função da localização. Com a abertura do centro daremos sequência ao atendimento mais humanizado, em local mais amplo e mais adequado”, lembra Fernando Batista, secretário executivo da ASA. A equipe será formada por um coordenador e profissionais da área jurídica, de assistência social, além de psicólogo.

A notícia agradou ao senegalês Musa Mustafa Faye, professor de inglês, há quatro anos no Brasil. “Agora o recomeço dos imigrantes será mais fácil. Temos um local adequado para receber, encaminhar, mostrar o caminho. Só temos a agradecer a Santa Catarina”, disse.

A representante do Ministério Público de Santa Catarina, Ariadne Clarissa Klein Sartori, lembra que esse é um momento histórico e parabenizou a todas as instituições que atuam na defesa do imigrante e que contribuíram para a abertura do Centro de Atendimento ao Imigrante. Para a diretora de Direitos Humanos da SST, Maria Elisa de Caro, o Crai é resultado do esforço da SST e do empenho de toda equipe”.

A placa de inauguração foi descerrada com a bênção do arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jonck. “Estou muito feliz com a entrega deste local. É um trabalho muito importante porque a imigração é uma realidade de muitos países do ocidente”, lembra.

Colaboração: Secom SC

Notícias Relacionadas

Câmera registra momento em que jovem colide moto contra árvore em Orleans; VEJA VÍDEO

Adolescente de 17 anos continua internado em estado grave.

Joãozinho da Farmácia atende em novo endereço em Lauro Müller

Farmácia Nossa Senhora Aparecida muda de endereço, mas mantem tradição de 34 anos atendendo agora em frente a Praça Henrique Lage, ao lado da cabeceira da ponte, na entrada da cidade.

Ladrão encapuzado e armado rouba R$ 450 no Centro de Tubarão

A vítima reagiu e conseguiu desarmar o suspeito, que fugiu com o dinheiro

Cartazes facilitam comunicação e beneficiam imigrantes em postos de saúde de Criciúma

Materiais possuem informações impressas em português, inglês e francês