Geral

Impeachment: Defesa de Moisés defende legalidade e pede arquivamento do processo

Em nome de Moisés, falou o advogado Marcos Fey Probst

Divulgação

Após os denunciantes, a sessão de julgamento de impeachment do governador afastado Carlos Moisés da Silva ouviu a defesa. Em nome de Moisés, falou o advogado Marcos Fey Probst por cerca de 30 minutos e pediu o arquivamento do processo.

Probst iniciou a fala antagonizando aos acusadores. O advogado de defesa aproveitou o ataque da acusação à corte e ao Judiciário para afirmar categoricamente que a postura do tribunal misto e de seu presidente, desembargador Ricardo Roesler, foi “irretocável”, “técnica”, e “transparente”.

Em seguida, Probst defendeu que a saída de Moisés é um ataque às eleições de 2018 e que apenas uma “certeza plena e cabal permite a condenação” de um acusado. “O governador jamais ordenou despesa, tão somente ordenou o processamento, competência que lhe é imposta”, acrescentou.

Ele defendeu que a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) teve o poder decisório para o pagamento. “Podemos discordar do que fez a PGE, mas não de que a competência não é da PGE”, disse.

Probst voltou a repetir que caso Moisés tivesse impedido o pagamento da verba de equivalência, teria, aí sim, cometido crime de responsabilidade por não cumprir decisão judicial. Ele argumentou ainda que o julgamento do mérito da questão, na quarta-feira (25), reforça essa posição.

“O governador foi afastado por que não sustou um pagamento que foi considerado lícito. […] É surreal”, disse. “Isso não para em pé, com todo o respeito à acusação”, complementou.

A sessão

A sessão ocorre com tranquilidade, quase sem presença de público e com menos presença de assessores e jornalistas em relação ao julgamento do dia 23 de outubro que afastou Moisés.

Os membros do tribunal misto deputado Kennedy Nunes (PSD), Sargento Lima (PSL), Luiz Fernando Vampiro (MDB), e o desembargador Luiz Felipe Schuch acompanham a sessão remotamente.  Os púlpitos estão sendo higienizados após cada fala.

Com informações da Rede Catarinense de Notícias

Notícias Relacionadas

Avenida Santos Dumont intransitável após volume de chuvas em Criciúma

Com uma enorme quantidade de buracos provenientes das obras do binário, condutores se veem obrigados a utilizar a calçada como estrada.

Secretaria de Obras de Siderópolis segue com trabalhos de recuperação de vias

Apesar da chuva equipe tem aproveitado momentos de estiagem para promover melhorias

Bombeiro e Defesa Civil averiguam risco de desabamento em Orleans

Um murro colapsou em decorrência das chuvas

Tigre lança plano de sócios nesta sexta

As novidades poderão ser acompanhadas pela torcida carvoeira na TV Tigre, o canal oficial do clube no YouTube.