Segurança

Incêndios em residências em Criciúma foram represálias por homicídio

Crime aconteceu na noite de sábado, dia 18, no bairro Rio Bonito

Foto: CBM

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre os incêndios em duas residências durante o fim de semana, em Criciúma. Os casos têm ligação direta com o homicídio que aconteceu na noite de sábado, dia 18, no bairro Rio Bonito. Segundo o delegado André Milanese, as casas incendiadas são de dois irmãos, de 21 e 28 anos, responsáveis por matar a vítima com pedradas, pauladas e golpes de faca.

“A vítima e a namorada, que é irmã dos autores do crime, foram buscar o filho deles na casa da mãe dela. A avó da criança não quis entregar, então iniciou uma briga entre eles onde desencadeou no homicídio. Como represália, sendo que a vítima tem envolvimento com o crime, pessoas ligadas a ele foram até o local atrás dos dois, para se vingar, e queimaram a casa dos rapazes”, explica Milanese ao Portal Litoral Sul.

A primeira residência foi queimada na manhã de domingo, dia 19, por volta das 10h30min, na rua onde aconteceu o crime, no bairro Rio Bonito. A segunda casa foi incendiada na madrugada desta segunda-feira, dia 20, no bairro Metropol. “O caso já está confirmado e agora vamos entrar com um pedido de mandado contra os irmãos, que estão fora da cidade”, ressalta o delegado.

Notícias Relacionadas

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Corpo é encontrado carbonizado dentro de carro em Criciúma

Júri em Turvo condena mandante e executores de homicídio motivado por disputa de terras

O crime ocorreu em 5 de agosto de 2014, na Serra da Rocinha, no município de Timbé do Sul.