Geral

Inflação oficial impactou mais os pobres neste início de ano, diz Ipea

A população brasileira mais pobre, que gasta 25% de sua renda com alimentação, foi bastante afetada pela alta de preços dos alimentos

Divulgação

A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), causou maiores impactos à cesta de compras da população mais pobre do país, aquela que tem renda muito baixa (renda familiar média mensal até R$ 1.534,55). A constatação é do Indicador por Faixa de Renda do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

De acordo com os dados do Ipea, a população brasileira mais pobre, que gasta 25% de sua renda com alimentação, foi bastante afetada pela alta de preços dos alimentos registrada neste início de ano.

A cesta de compras para famílias com renda muito baixa acumula alta de preços de 0,45% no ano (de janeiro a maio), enquanto o IPCA acumula deflação (queda de preços) de 0,16% no período. As famílias com renda baixa (entre R$ 1534,56 e R$ 2.301,83) também tiveram inflação no período (0,08%). Já a população com renda alta (maior que R$ 15.345,53) teve deflação de 0,45%.

Mesmo no mês de maio, quando todas as faixas de renda tiveram queda de preços, a deflação das famílias com renda muito baixa foi menos intensa, de 0,19%, enquanto a deflação das famílias com renda alta chegou a 0,57%. A média do IPCA no mês teve uma deflação de 0,38%.

Apenas em fevereiro, as famílias com renda alta tiveram inflação superior à renda mais baixa, devido aos reajustes das mensalidades de escolas e universidades. Nos outros quatro meses, no entanto, a população mais rica foi beneficiada pela queda de preços de itens como passagens aéreas e combustíveis.

Notícias Relacionadas

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos

Respiradores: PGE aguarda depósito de mais R$ 2 milhões em favor do Estado a partir desta segunda

Com o depósito, o valor recuperado chega a 40% do total

OMS relata recorde diário global de mais de 307 mil casos da covid-19

A Índia é a líder mundial com 97.570 casos em um único dia

Operação tapa-buracos: Prefeitura de Criciúma utiliza mais de 200 toneladas de massa asfáltica para reparar ruas

Serviços iniciaram há 12 dias, após as chuvas que atingiram a região carbonífera. Matéria-prima é produzida na Usina de Asfalto de Criciúma