Geral

Iniciam as obras da Pera Ferroviária no Porto de Imbituba

A Ferrovia Tereza Cristina (FTC), concessionária da malha que liga o sul catarinense ao Porto Público, será responsável pelo investimento de cerca de R$ 700 mil, nesta primeira fase do projeto.

Divulgação

O Projeto Pera Ferroviária, apresentado em reunião do Conselho de Autoridade Portuária (CAP) em setembro de 2019, começou a sair do papel na última quarta-feira (29) no Porto de Imbituba. Após a conclusão das obras, os trens que chegarem ao porto poderão realizar o retorno sem a necessidade de manobras adicionais, diminuindo o tempo de interrupção no trânsito da cidade, e promovendo maior segurança e agilidade no transbordo de cargas.

A Ferrovia Tereza Cristina (FTC), concessionária da malha que liga o sul catarinense ao Porto Público, será responsável pelo investimento de cerca de R$ 700 mil, nesta primeira fase do projeto. Com a aplicação destes recursos, será construída uma extensão de trilhos, um trecho de retorno, a duplicação de um trecho para acomodação de vagões, a realização de passagens de nível, instalação de equipamentos para mudança de direção, sinalização horizontal, vertical e semafórica. O projeto foi concebido pelos setores de engenharia da Ferrovia e do porto. O cronograma prévio, apresentado durante reunião do CAP pelo gerente da Ferrovia Tereza Cristina, Rafael Andrigheto, prevê a divisão da obra em três fases. Esta primeira fase está prevista para ser entregue e entrar em operação ainda no primeiro semestre de 2020.

“Desde que a ferrovia lançou essa proposta, acolhemos esta demanda como uma solução que traria muitos benefícios tanto para o porto quanto para a cidade. A Pera Ferroviária vai aumentar a segurança da operação e trazer mais agilidade ao transbordo de cargas. Por isso, em conjunto com a SCPAR holding e com o apoio do Governo de Santa Catarina, focalizamos nossos esforços no ano passado em viabilizar esta melhoria”, ressalta o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Jamazi Alfredo Ziegler.

A ferrovia

Com 164 km de linha férrea, a Ferrovia Tereza Cristina liga 14 municípios do sul de Santa Catarina ao Porto de Imbituba, conectando os mercados produtores e consumidores locais à linha semanal de cabotagem de contêineres. Diariamente, cerca de 60 contêineres chegam ao porto pela ferrovia, trazendo principalmente, arroz e cerâmicas produzidos na região.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Obras interrompem tráfego de veículos em mais um trecho da rua Dr. Valdir Cotrin, em Lauro Müller

As obras fazem parte da segunda fase de construção de calçadas

Governo de Lauro Müller inicia obras para revitalização em Centro de Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no Barreiro

O novo serviço vai atender jovens e adolescentes que integram o serviço coordenado pelo Cras, dando acompanhamento em local adequado e revitalizado.

Prefeitura de Criciúma inaugura dois novos postos de saúde e entrega obras de reforma de unidades aos moradores

Investimentos ultrapassam R$ 1,3 milhão. Primeiras entregas de melhorias estão programadas para sexta-feira (18), nos bairros Cidade Mineira Velha e São Roque

Obras de recuperação da SC-390 começam nesta terça-feira

Assinatura da ordem de serviço, com a presença do Governador do Estado, Eduardo Pinho Moreira e o Secretário de Infraestrutura do Estado Paulo França, está prevista para acontecer na quarta (26), em Orleans.