Geral

Iniciativa usa bitucas de cigarro recolhidas em praias para transformar em pranchas de surfe em SC

Materiais são recolhidos entre os municípios de Imbituba e Laguna.

Divulgação

A união entre ajudar o meio ambiente e incentivar o reaproveitamento de lixo deu início a um projeto que desde janeiro recolhe bitucas de cigarro deixadas na Praia de Itapirubá, localizada entre os municípios de Imbituba e Laguna, no Sul de Santa Catarina. Os materiais recolhidos são utilizados na confecção de pranchas de surfe.

De acordo com os biólogos que trabalham na iniciativa, cada duas bitucas de cigarro equivale a um litro de esgoto na natureza e esse material demora cerca de cinco anos para decompor.

Os participantes do projeto instalaram 30 “bituqueiras” em pontos da praia para o recolhimento dos restos do cigarro.

“Ao total a gente já contabilizou 30 mil bitucas. Eu me espantei no último domingo quando fui no canto da Praia da Vila, que fica no outro lado da Praia de Itapirubá, e no trajeto de 200 metros, eu achei 661 bitucas”, conta a bióloga Amanda Suita.

As bitucas serão instaladas em uma espécie de esteira que será encapada de modo tradicional na montagem de uma prancha. Com a quantidade de bitucas já recolhidas, poderão ser feitos vários protótipos.

Até o final da temporada de Verão, essas pranchas estarão disponíveis nos comércios da região. Quem tiver interesse em surfar com uma delas, poderá pegar emprestada nos pontos que estarão disponibilizando as pranchas nas praias.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Duas apostas de Santa Catarina ganham na Lotofácil e vencedores levam mais de R$ 838 mil cada

Apostadores de Jaraguá do Sul e São Bento do Sul, as duas cidades localizadas no Norte do Estado, são os sortudos da vez.