Geral

Inscrições para o SC Que Dá Certo em Criciúma estão abertas

Evento ocorre no dia 25 de junho com entrada gratuita.

Divulgação

Movimentada economicamente por vários setores, a cidade de Criciúma, no sul do do estado de Santa Catarina, será a quarta cidade catarinense a receber o projeto SC Que Dá Certo, realizado pela NSC Comunicação, no próximo dia 25 de junho. Depois de passar pela capital, Blumenau e Joinville, o evento reunirá os empreendedores Tatiane Albino da empresa Tati Albino Modeladores, Edmilson Zanatta da Tintas Farben e Ramon da Silva Maciel da Simples Dental para um painel sobre suas trajetórias profissionais.

A cidade polo da região sul de Santa Catarina, Criciúma é fomentada economicamente por várias áreas, como indústria de plásticos e descartáveis, indústria química, metal-mecânica, confecção, cerâmica, colorifícios e extração mineral, além de importantes construtoras, transportadoras e redes supermercadistas de Santa Catarina. E foi neste contexto promissor ao empreendedorismo que os painelistas da noite desenvolveram seus negócios, contribuindo para o desenvolvimento econômico na região. Conheça um pouco sobre os painelistas que compartilharão dicas de empreendedorismo no SC Que Dá Certo, em Criciúma.

Pela empresa Tati Albino Modeladores, a fundadora Tatiane Albino vai contar como a empresa nasceu em 2016 e como lidou com os desafios de empreender. Ela, que é administradora por formação, começou a atuar na área de vendas e relacionamento ao cliente aos 16 anos de idade, em empresas do setor de confecções esportivas e indústria de descartáveis plásticos. Em 2016, pediu demissão e empreendeu aproveitando a oportunidade de um mercado crescente de modeladores para fins estéticos. Atualmente, pelos menos dois dos produtos possuem patente de inovação nacional e internacional, com um crescimento constante de clientes e produtos.

Já pela Tintas Farben, o vice-presidente Edmilson Zanatta compartilha as dicas do seu negócio que deu certo. A empresa, criada em 1993, desenvolve e produz tintas e vernizes para os setores moveleiro, automotivo, industrial e imobiliário. A indústria começou com uma capacidade produtiva de 30.000 litros/mês, mas com investimento em pesquisas e inovação, um dos principais focos, supera a marca de 2 milhões de litros/mês. Atualmente, é um dos principais produtores de tintas para indústrias do Brasil e da América Latina, exportando para o Equador, Bolívia, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Peru e Chile. Também foi eleita uma das empresas mais inovadoras do Sul do Brasil.

Sobre a trajetória da Simples Dental, quem compartilha as experiências neste painel é o Co-fundador Ramon da Silva Maciel. A empresa foi fundada por Ramon Maciel e alguns amigos, quando ele ainda era estudante de odontologia. Anteriormente, Ramon e os amigos já haviam criado um software para gestão de despachantes, que não deu certo. Na faculdade, o empresário se deparou pela primeira vez com um software odontológico e imaginou que o grupo pudesse criar algo ainda melhor. Surgiu assim a Simples Dental, que após alguns desafios iniciais, se tornou o software odontológico mais usado na América Latina. Através de parcerias, entre elas com uma das maiores empresas de produtos odontológicos, soma mais de 25 mil clientes, que usam o sistema catarinense para agendamento de consultas, gestão financeira e até campanhas de marketing.

As inscrições para participar do evento são gratuitas e limitadas, e podem ser podem ser feitas no site . O SC Que Dá Certo 2019 conta com o patrocínio de Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa), Serviço Social do Comércio (Sesc), Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e Federação das Cooperativas Agropecuárias de Santa Catarina (Fecoagro).

Colaboração: Comunicação Atré Comunicação 

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Painel desenvolvido com apoio da Fapesc recebe inscrições para projetos sociais e de retomada econômica em SC

Com o sistema, será possível acompanhar todo o percurso do dinheiro até o impacto social do investimento. A intenção é, além de incentivar a solidariedade, dar mais transparência às doações durante a pandemia.