Geral

Intercambistas do Rotary Clube visitam a Satc de Orleans

Jovens trocaram experiência com os estudantes brasileiros.

Foto: Divulgação/SATC

Estudantes que participam do programa de intercâmbios do Rotary Clube visitaram a Satc de Orleans na quarta-feira (22). São jovens da Austrália, França, Estados Unidos, Dinamarca, México, Haiti, Alemanha, Nova Zelândia e República Tcheca. Durante o encontro, o sistema foi apresentado para as turmas dos ensinos médio e fundamental.

“Ano passado recebemos alunos do intercambio pela primeira vez. Um deles está estudando aqui na Satc e um nosso também está nos Estados Unidos”, informou o orientador pedagógico Anderson Ricardo Martins.

No encontro os estudantes conheceram um pouco da história da Satc. Eles estão vivendo no Brasil há seis meses, tempo para conhecer a língua e responder perguntas em Português. Uma delas foi sobre as diferenças no estudo. “Na escola que eu estudava no Haiti não podia ir com boné, chinelo, ou usar o celular. O estudo ia das 7h30 até as 14h”, contou a intercambista Herline Dubernard.

  • unnamed (32)
  • unnamed (30)
  • unnamed (31)

O sistema é disponibilizado para jovens que tenham entre 14 e 17 anos. Normalmente a família que encaminha um jovem deve acolher outro. Mas também existem voluntários. “O programa de intercâmbio é aberto para todos, qualquer jovem pode participar durante o Ensino Médio. Com isso ganha um ano de estudos no exterior”, explicou a coordenadora de imagem pública da Rotary, Marcia Feijó.

Existe um procedimento a ser realizado para conseguir uma das bolsas. O interessado deve dominar a língua inglesa e superar os concorrentes em um teste. “Para conseguir uma vaga deve passar por uma prova, envolvendo conhecimentos sobre a Rotary. Quem tiver as melhores notas será chamado primeiro. É um programa mais acessível do que os privados”, disse Marcia.

A possibilidade de viver em um país que tenha o inglês como língua oficial atrai cada vez mais jovens. “Comecei ano passado o processo para realizar o intercâmbio. Estudo inglês há três anos. Essa ideia surgiu com o apoio do meu pai. Em agosto faço a viagem, mas ainda não tem lugar definido, pode ser Bermudas, Canadá ou Estados Unidos”, contou o aluno da Satc, Klaus Boeger.

Notícias Relacionadas

ExpoMais é oficialmente lançada nesta segunda-feira

O evento terá palestras principais com nomes de renome nacional, além de outros espaços que estarão à disposição do público e que serão reveladas no evento de lançamento desta segunda-feira.

Instituições de ensino da região informam sobre situação das aulas

Ministro de Minas e Energia defende futuro sustentável para setor energético em palestra na Satc

Durante visita à Satc, ministro Bento Albuquerque conheceu projeto inédito na América Latina

Aluna Satc é campeã brasileira de Xadrez Blitz