Geral

Invasão de jacarés em SC intriga autoridades e motiva investigação

Três animais foram capturados em apenas uma semana, número superior à média anual na cidade

Divulgação

Três jacarés assustaram a população de Tijucas, na Grande Florianópolis, em menos de uma semana. A quantidade considerada anormal desse animal em áreas populosas da cidade acendeu o alerta das autoridades. Agora uma investigação será aberta para entender o porquê do aumento dessa espécie na região. A chuva e o calor podem ter relação com o aparecimento.

Os três animais — dois jovens e um adulto — são da mesma espécie: jacaré-do-papo-amarelo, comum em Santa Catarina. De acordo com o biólogo Carlos Alberto Rocha, o aumento de ocorrências com esses animais tem a ver com a quantidade grande de chuva e com a chegada do verão, estação que deixa os répteis mais ativos.

— O clima dos últimos dias ajudou que os jacarés busquem novas áreas inundadas. Como são animais que vivem próximo do ambiente aquático, o período de chuva permite que eles possam estar próximos de residências e áreas antes não ocupadas por esses animais — explica Carlos.

Apesar da explicação, a incidência desses animais aumentou muito nesta semana. De acordo com o presidente do Grupo de Operações e Resgate (GOR) de Tijucas, Pedro Henrique da Silva, a entidade resgatava cerca de dois animais por ano em temporadas anteriores. Neste ano, só na primeira semana de novembro, três ocorrências foram registradas.

Jacaré é encontrado em casa no Centro

Um jacaré adulto, de cerca de dois metros, foi encontrado dentro de uma residência no Centro de Tijucas, nesta quinta-feira (4) à noite. O proprietário acionou o Corpo de Bombeiros da cidade. A equipe atendeu a ocorrência e, depois de avaliar a saúde do animal, o devolveu ao habitat natural, em uma área de mata.

Jacaré jovem é capturado em quintal de casa

Um jovem jacaré foi encontrado no pátio de uma casa de Tijucas, na Grande Florianópolis, na tarde desta quinta-feira (4). Os bombeiros foram acionados para resgatar o animal em uma residência do bairro Sul do Rio.

A equipe capturou o jacaré e chamou o Grupo de Operações e Resgate. O biólogo do grupo analisou o animal e percebeu que não havia machuacados. Por isso, ele foi solto em uma área de mata. O animal é jovem e tem cerca de um metro.

Jacaré é avistado em lago de parque residencial

Um jacaré foi avistado em um lago do loteamento Bosque da Mata, em Tijucas, na terça-feira (2). O local foi interditado. Segundo o Grupo de Operações e Resgate (GOR) do município, essa é a primeira vez que esse tipo animal aparece no local. Ele mede em média 1,30 metros.

O GOR não vai retirar o animal do local neste momento. De acordo com o presidente do Grupo, Pedro Henrique da Silva, a prefeitura vai monitorar a região.

O que faço se eu encontrar um jacaré?

O Grupo de Operações e Resgate orienta para que em caso de avistagem de jacaré, a população ligue para o 193 ou para o número de plantão da equipe: (47) 99651-9961. As informações e os avisos são fundamentais para um laudo final da investigação sobre o aparecimento exagerado desses animais.

A espécie de jacaré de Santa Catarina é tranquila, segundo o biólogo Carlos, e evita confrontos com humanos. Porém, caso se sinta ameaçado, o jacaré pode atacar. Por isso, é importante manter distanciamente e não tentar capturar os animais.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Dez escolas municipais de Criciúma já tiveram seus documentos antigos digitalizados

Objetivo da Secretaria de Educação é criar acervo com decretos, cadastros de estudantes e professores, fotos históricas e demais documentos das unidades de ensino

Colégio Satc inicia transição de alunos para novas séries

Desafios e mudanças para os alunos que passam para o Ensino Fundamental são monitorados pelo corpo pedagógico

“Estamos perto de ver o topo da inflação”, diz presidente do BC

Campos Neto afirma que pode haver melhora no ano que vem

Queda de elevador deixa um homem ferido dentro de padaria em SC

Estado de saúde da vítima é estável; acidente aconteceu no bairro América