Geral

IPVA 2022 em Santa Catarina: veja valor e calendário de pagamento

Alíquotas continuam as mesmas deste ano, e o tributo poderá ser pago em três parcelas

Divulgação

O governo de Santa Catarina divulgou o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2022. As alíquotas continuam as mesmas deste ano, e o tributo poderá ser pago em três parcelas.

A ordem de pagamento é definida pelo número da placa. Os primeiros a pagar são os donos de veículos com placa de final 1. Quem optar por parcelar o imposto, deve fazer o primeiro pagamento do boleto até 10 de janeiro. Já a cota única tem vencimento no dia 31 de janeiro. Não há desconto para quem optar pelo pagamento em uma só vez ou adiantar parcelas.

A base de cálculo é o valor de mercado do veículo, conforme a tabela Fipe. Para saber quanto você terá de pagar, basta pesquisar o preço do seu veículo no site da Tabela Fipe e calcular a alíquota deste valor.

Confira as alíquotas

  • 2% para veículos de passeio, utilitários e motor-casa, nacionais ou estrangeiros;  
  • 1% para veículos de duas ou três rodas; os de transporte de carga ou passageiros, nacionais ou estrangeiros; 
  • 1% para veículos destinados à locação, de propriedade de locadoras de veículos ou por elas arrendados mediante contrato de arrendamento mercantil.

Para pagar o imposto, o proprietário do veículo deve acessar o site oficial do Detran e emitir a guia de pagamento, que pode ser paga em qualquer agência dos grandes bancos do país, ou pela internet.

Veja o calendário de 2022

Divulgação

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Chuva intensa em SC: Defesa Civil alerta para risco de alagamentos nos próximos 5 dias

A previsão de chuva forte e persistente nos próximos dias afeta principalmente as áreas litorâneas de Santa Catarina

Corredor Ecológico da Serra Geral pode afetar prática agrícola na região

Alerta foi feito pelo advogado e geógrafo Eduardo Bastos Moreira Lima.

Integrantes de organização criminosa são presos por mutilar brutalmente os dedos de uma mulher em Tubarão

A agressão, que foi filmada pelos criminosos, foi motivada por dívida de drogas.

Corpo de Bombeiros de Lauro Müller combate incêndio em caminhão

Havia outros caminhões próximos e, felizmente, colaboradores da empresa conseguiram controlar as chamas até a chegada dos profissionais