Esporte

Ítalo Ferreira é ouro em Tóquio e 1º campeão olímpico no surfe

Atual campeão mundial venceu a final contra o japônes Kanoa Igarashi.

Divulgação

O brasileiro Ítalo Ferreira tirou onda, ou melhor, dominou as ondas na Praia de Tsurigasaki, onde ocorreram as disputas do surfe na Olimpíada de Tóquio (Japão). O potiguar conquistou na madrugada desta terça-feira (27) a primeira medalha de ouro do surfe, modalidade estreante nos Jogos Olímpicos. Atual campeão mundial, Ítalo dominou a final contra o japonês Kanoa Igarashi, vencendo por 15.14 a 6.6. A medalha de bronze ficou com o australiano Owen Wright, que venceu o brasileiro Gabriel Medina por 11.97 a 11.77 na disputa pelo pódio.

“Muito feliz. Foi um dia incrível, especial, trabalhei muito para isso e acreditei. É incrível.”, disse Ítalo ao site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Moradores de Baía Formosa (RN), cidade Natal do campeão, comemoraram o primeiro ouro para o país em Tóquio.

Na estreia da competição, Ítalo liderou a primeira bateria, com o somatório de pontos de 13.67. Com esta pontuação, ele ficou à frente do japonês Hiroto Ohhara (11.40), do italiano Leonardo Fioravanti (9.43) e do argentino Lele Usuna (8.27).

Classificado para as oitavas de final, o brasileiro derrotou o neozelandês Billy Stairmand por 14.54 a 9.67. Nas quartas, ele voltou a encarar o japonês Hiroto Ohhara, que esteve presente na bateria inicial. Ítalo mais uma vez levou vantagem, e derrotou o oponente por 16.3 a 11.9.

Com informações do site Agência Brasil  

Notícias Relacionadas

Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas

Próximo adversário será o 2º colocado de Grupo C, que tem Argentina.

Mayra Aguiar conquista bronze no judô na Olimpíada de Tóquio

Gaúcha se tornou a 1ª judoca do país a faturar três medalhas olímpicas.

Primeiro dia de competição do Circuito Surf Talentos Oceano 2018

Primeiro dia de competição define campeões de algumas categorias e trabalha a educação socioambiental e esportiva da nova geração do surfe.

Exposição em Garopaba traz troféus de Gabriel Medina

Os principais itens da sala de troféus do surfista estão na estrada como parte de uma mostra que segue em Santa Catarina até o dia 5 de fevereiro.