Geral

Jesse já tinha sofrido acidente ao lado de Shurastey na Costa Rica e relatou “medo”

Em entrevista a podcast dias antes de acidente fatal nos EUA, jovem de Balneário Camboriú revelou ter sentido medo de morrer

Divulgação

O morador de Balneário Camboriú Jesse Koz, que morreu em uma grave colisão entre dois carros nos Estados Unidos nesta segunda-feira (23), já havia sofrido um acidente na Costa Rica. À época, o jovem chegou a reformar o Fusca pensando em tornar o carro mais seguro para as próximas viagens ao lado do cão Shurastey.

A revelação foi feita dias antes do acidente no podcast Mais que 8 Minutos, de Rafinha Bastos. Questionado pelo apresentador sobre algum momento em que sentiu medo durante as viagens, ele relembrou o dia em que a barra de direção do carro quebrou.

— Um momento muito tenso da viagem foi quando eu bati o Fusca na Costa Rica, podíamos ter morrido. Olhando para trás, ali foi um momento que me deu bastante medo — contou.

Sem controle da direção do veículo, ele passou reto em uma curva e bateu contra o portão de uma casa.

— [A situação] me fez refletir muita coisa, principalmente em relação à segurança, foi ali que eu decidi fazer uma reforma no carro. O Fusca já estava caindo aos pedaços, então foi ali que eu decidi que ía para o México e iria reformar o carro — explicou.

Na ocasião, ele recebeu ajuda dos moradores da casa que atingiu e acabou jantando na residência do casal.

Jesse e o cachorro Shurastey estavam juntos na estrada desde 2017, e o objetivo da última viagem era chegar ao Alasca. A aventura foi interrompida no início desta semana após o acidente que matou a dupla na localidade de Grants Pass.

Acidente nos Estados Unidos

Jesse saiu de Balneário Camboriú para percorrer as Américas de Fusca, no projeto “Shurastey or Shuraigow?”, e morreu em um acidente de trânsito nos Estados Unidos na manhã de segunda-feira (23).

Aos 29 anos, ele invadiu a pista contrária e bateu de frente contra outro carro em uma rodovia no Estado de Oregon, informaram jornais locais. Jesse pretendia chegar ao Alasca, sempre acompanhado pelo cachorro Shurastey. O cão também faleceu.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Eles passarão a ganhar R$ 2.424,00

SESI inicia aulas de robótica de alto desempenho em parceria com o município de Criciúma

Cerca de 20 alunos, de 14 escolas municipais, estão participando da oficina

Mulher será indenizada após vestido arrebentar em baile e praticamente deixar ‘seio à mostra’, decide TJSC

Ação foi movida contra loja contratada. Segundo a Justiça, a alça da peça arrebentou e causou constrangimento. A sentença foi divulgada na quinta-feira e cabe recurso.

Noite de confraternização coroa o sucesso da primeira turma do PGVE realizado pela ACIO

Capacitação proporcionou o conhecimento necessário para 50 empreendedores alavancarem os resultados dos seus negócios.