Geral

Joinville decreta restrições por aumento de casos de Covid-19

Ocupação de público em estabelecimentos será reduzido para 30%

Divulgação

Em novo decreto, que será publicado nesta terça-feira (17), a Prefeitura de Joinville reduz para 30% a ocupação de público em estabelecimentos. A medida foi tomada devido a aceleração do contágio da Covid-19 na cidade.

Por sete dias, a partir do dia 18 de novembro, a permanência de pessoas em academias, igrejas, templos e locais destinados a serviços religiosos, shoppings, supermercados e comércio, deve ser limitada em 30%.

A regra também vale para espaços abertos de entretenimento, como parques aquáticos temáticos e de diversões, hotéis, pousadas, albergues, e afins.

A medida deve ser seguida para serviços com atendimento presencial ao público, com exceçãodas atividades financeiras desenvolvidas em bancos, lotéricas, cooperativas de crédito, bem como serviços de assistência à saúde, assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade.

Além disso, a Prefeitura salienta que continua valendo as regras e diretrizes sanitárias, como uso de máscara, distanciamento e álcool gel.

Bares e restaurantes: limitação de 30%

Em bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres, além das diretrizes sanitárias, o atendimento fica limitado a 30% da capacidade total durante o horário de funcionamento, sendo permitido entre as 6 e 23 horas.

Após o fechamento, fica proibida a entrada de novos estabelecimentos, e a permanência de pessoas no local é autorizada por apenas mais uma hora. As regras não se aplicam aos serviços de tele entrega ou retirada no local.

Também fica prorrogada, por mais sete dias, a suspensão de atividades em casas noturnas, casas de show e a realização de shows e espetáculos, exceto as apresentações de música ao vivo realizadas em estabelecimentos com funcionamento já autorizado, observando-se as normas sanitárias aplicáveis.

Covid-19 em Joinville

Segundo o último boletim divulgado pela Prefeitura nesta segunda-feira (16), Joinville contava com 25.162 casos confirmados – de sexta para segunda, foram 475 novos casos.

Desses, 1.473 estão ativos, ou seja, ainda em recuperação. Desde o início da pandemia, já são 372 mortes na cidade.

Outro número que preocupa é a taxa de ocupação dos leitos destinados para tratamento da doença. Na segunda, ela estava em 64% segundo dados do Painel Covid-19.

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Governo de Lauro Müller inicia pavimentação asfáltica na rua Prefeito Benjamin Bittencourt Barreto

Avaí/Kindermann e Corinthians começam decisão sem gols

Título do Brasileiro Feminino será definido no dia 6 de dezembro

Tubarão conquista vaga para semifinal da Liga Nacional de Futsal

Catarinenses derrotam Praia Clube e agora enfrentam Magnus

Governadora abre evento sobre controle da febre aftosa em Santa Catarina