Giro Estadual

Jovem é amarrado e torturado por dívida em SC

Três agressores seriam responsáveis pelo crime que ocorreu em Ituporanga

Divulgação

Um caso de tortura envolvendo facas e água fria por uma dívida em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, está em investigação pela Polícia Civil. O jovem de cerca de 22 anos alega que teria ficado devendo R$ 1,4 mil em drogas, o que motivou a agressão de três homens na madrugada da última sexta-feira (30/7).

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Elisabete Figueiredo, a vítima passou horas durante a madrugada amarrada por fios e sendo torturada com facas e água gelada, na noite que foi uma das mais frias do ano no Estado.

O jovem trabalha nas plantações de cebola da região, e mora em uma casa que é dividida com outros trabalhadores. As agressões aconteceram no local, enquanto a maioria dos homens dormia. Quando acordaram, desamarraram o rapaz, que conseguiu ir de motocicleta até a casa do pai.

O pai da vítima o levou até o hospital, onde foi acionada a polícia. Ele estava com diversas lesões nas pernas e no ombro, mas chegou a ser liberado no mesmo dia. O exame de corpo de delito confirmou que havia sinais de amarração nos pulsos do jovem.

Um dos homens responsáveis pela tortura foi preso em flagrante ainda no início da manhã de sexta, em posse de dinheiro, drogas e celulares. O segundo agressor está foragido, e o terceiro ainda não foi identificado.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

São Ludgero vacina contra Covid-19 adolescentes com 13 anos

Acontece na Sala de Vacinas, localizada na ESF Margem Esquerda.

Mulheres Artesãs da Coopercocal retomam atividades presenciais

As atividades iniciaram na última semana, com capacidade reduzida, seguindo todos os protocolos de segurança.

CRAS de Orleans é invadido e tem TV, notebook, celular e caixas de som furtados

Quando chegou para trabalhar no local, servidora constatou que a janela estava aberta e que havia uma cadeira próxima a ela.

Coronavírus em SC: 70% das cidades não registram mortes por Covid em setembro

Das 295 cidades catarinenses, 204 não registraram óbitos no mês de setembro.