Geral

Jovem morto em acidente doméstico em SC é sepultado: “Cuida da gente aí de cima”

Daniel Felipe Zoboli sofreu uma descarga elétrica ao fazer a instalação de um ventilador

Divulgação

Daniel Felipe Zoboli, de 27 anos, morreu em casa, no bairro Tiroleses, em Timbó, ao sofrer uma descarga elétrica enquanto fazia a instalação de um ventilador. No fim de semana, familiares e amigos se despediram do jovem no Cemitério Municipal Jardim da Paz.

Nas redes sociais, mensagens lamentam a morte de Daniel.

“Obrigado por tudo, pelas conversas, risadas, pelos puxões de orelha e por ter me ensinado tanto! Cuida da gente ali de cima, brilhe tanto quanto brilhou por aqui”, escreveu o primo Thiago Busarello.

“Esta é uma despedida que nunca gostaríamos de ter. Temos a certeza que seu caminho aqui foi intenso e muito bem vivido. Agora começa um novo tempo, a eternidade!”, publicou o perfil da família Busarello no Facebook.

O acidente

Daniel foi eletrocutado ao fazer a instalação de um ventilador e, com o choque elétrico, caiu de uma escada por volta das 18h de sexta-feira (4), na Rua Tiroleses, no bairro Tiroleses.

Quando o socorro chegou ele já estava inconsciente. Ele foi levado pelo Corpo de Bombeiros de Timbó ao Hospital Oase, mas não resistiu e morreu ainda na sexta-feira.

O sepultamento ocorreu às 16h de sábado, no cemitério municipal Jardim da Paz.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Operação “Street Cleaner” é deflagrada na cidade de Lauro Müller

Com o intuito de controlar o tráfico de drogas a ação foi realizada na região de Barreiro, no distrito de Guatá

Homem é achado morto em cama de hotel em SC

Ele estava no município para o evento de uma empresa de climatizadores evaporativos; vítima foi identificada como Geraldo Paulo Marques

Bandidos esquartejam vacas para roubar carne em cidade do Norte de SC

As vacas foram esquartejadas em uma fazenda na localidade de Mafra; prejuízo deve ser de mais de R$ 35 mil

Duas cidades de SC estão entre as mais solidárias do país segundo a ONU; saiba quais

Municípios são destaque no atendimento e acolhimento a refugiados e migrantes