Geral

Jovem que teve o rosto tatuado pelo ex mostra antes e depois da remoção

O caso aconteceu em maio de 2022, quando o homem tatuou o próprio nome, à força, no rosto, peito e virilha da jovem

Foto: R7/Divulgação

A jovem Tayane Caldas, de 19 anos, que teve o rosto tatuado à força pelo ex-namorado, com o nome dele, mostrou os resultados das sessões para remoção da tatuagem que a traumatizou. O caso aconteceu em Taubaté, no interior de São Paulo, em maio de 2022.

A operadora de caixa começou o procedimento dias após ser sequestrada pelo ex-namorado, Gabriel Coelho, enquanto estava a caminho do trabalho. Tayane estava refém do homem, ela foi amarrada, agredida e torturada por cerca de 24 horas.

O período de espera entre cada sessão é de 30 a 40 dias. Dessa forma, Tayane conta que tem sido um processo longo, e a tatuagem está finalmente clareando.

Enquanto isso, ela tenta esconder a marca com maquiagens. Para Tayane, o início do processo para retirada da tatuagem “foi um alívio”. Pois, além do rosto, ela também teria sido tatuada na virilha e no peito.

A esteticista Cinthia Diaz, responsável pela remoção das tatuagens da jovem, conta que o procedimento pode ser doloroso, no entanto, pomadas anestésicas podem ser aplicadas.

Quer receber as principais notícias da região? Clique aqui e entre no nosso grupo de WhatsApp e fique atualizado de forma rápida e confiável 

A tatuagem feita nos seios, também com o nome dele, foi retirada completamente. Já na virilha foi 90% removida. A esperança é que depois de mais algumas sessões, a do rosto também suma completamente.

A mãe de Tayane, Débora Velloso, disse ao R7 que está aliviada de saber que as tatuagens não serão vistas no corpo da filha. “Não ficaram nem com marca”, disse.

Relembre o caso da jovem que teve rosto tatuado

Tayane teria desaparecido por um dia e quando foi encontrada com tatuagens indesejadas com o nome do ex-namorado, com quem teve um relacionamento de três anos.

Na época do crime, o homem teria dois mandados de medida protetiva, descumpridos, e dessa forma, foi preso. O TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo), disse que os detalhes da condenação do suspeito correm em segredo de Justiça.

A jovem foi amarrada e ameaçada. Infelizmente, não teve como impedir Gabriel de tatuá-la. Ela diz que quando ele terminou, mandou ela se olhar no espelho e falou que estava “gata”.

A mãe da menina relembra que ele demonstrava ser responsável, carinhoso e parecia se importar com Tayane. Mas, alguns meses depois, mostrou ser ciumento e possessivo.

Se mantenha informado em tempo real! Clique aqui e siga o Sul in Foco no Instagram. Informações e notícias sobre a região na palma da sua mão!

A menina teria tentado terminar com Gabriel em vários momentos, mas sempre que tentava era ameaçada. Mas, sem suportar mais a situação, a jovem decidiu pôr um ponto final na relação.

Débora afirma que todas as vezes que a filha aceitou sair com ele foi por conta das ameaças, já que Gabriel afirmava que caso ela não fosse, iria matar os pais e o avô da jovem. O passo seguinte dele, era matá-la, segundo a mãe na época do crime.

Com informações R7

Notícias Relacionadas

Jovem de 20 anos morre e homem fica ferido em acidente de trânsito em Meleiro

Dois carros bateram de frente na SC-108 na noite de sexta-feira (15).

Jovem embriagado bate carro e dirige por 3 km com pneus estourados em Urussanga

Motorista de 19 anos colidiu antes em barranco na SC-445. Segundo a PMRv, ele tinha saído de uma festa onde passou a madrugada, momentos antes do acidente.

Idoso fica gravemente ferido após ser agredido com capacete em Lauro Müller

Familiares também foram ameaçados por agressor. Com o acusado, a Polícia Militar encontrou drogas.

Aulas são suspensas após falecimento de estudante em Içara

Murilo Hernani Santana, de 13 anos, lutava desde dezembro contra um câncer (linfoma).