Geral

Jovem Yago está em busca de clientes, em Tubarão

Jovem Yago está em busca de clientes, em Tubarão

Foto: Tatiana Dornelles/DS

O jovem Yago Nascimento Urbano está, desde ontem, em um semáforo do Centro de Tubarão. Porém, ele não está pedindo dinheiro. Pelo contrário: a intenção é arrumar trabalho.

Com educação e simpatia, Yago aborda os veículos que param no semáforo da avenida Marcolino Martins Cabral. Aos 24 anos, ele está desempregado e presta serviços com roçadeira. No papel que entrega aos motoristas dos veículos abordados, o pedido é que, caso a pessoa precise do serviço, entre em contato com ele.

“Comecei a entregar os panfletinhos hoje [segunda-feira] e vou ficar aqui a semana inteira, para conseguir bastante serviço. Estou desempregado há muito tempo e cansei de mandar currículos para empresas e não aparecer nada. Como não gosto de ficar parado, vim entregar a propaganda do que faço. Inclusive, tinha até feito direitinho, em uma gráfica, mas ninguém ligava. Então, fiz mais simples e as pessoas entram em contato”, diz ele.

Yago ganhou uma roçadeira há pouco tempo e, como precisa trabalhar, resolveu “caçar” clientes. “Não estou pedindo dinheiro. O que quero é que me chamem para roçar. Estou pedindo serviço, apenas.”

Yago relata que é o “homem da casa”, pois é quem paga todas as contas do mês. “Minha mãe é usuária de drogas e meu pai bebia. Agora parou e frequenta a igreja. Sempre tive que pagar água, luz, comida e meu remédio, pois tenho epilepsia. Sei economizar, pois preciso pagar as contas. Minha mãe passou a usar drogas depois que perdemos toda a casa em um incêndio, no carnaval do ano passado”, revela.

Segundo o jovem, um grupo se reuniu, na época, para doar uma nova casa. “Eles só me deram porque me conhecem e sabem que prezo pela minha vida, que nunca usei nada de drogas ou cigarro, nem experimentei. Tenho uma cabeça boa e preciso trabalhar para sustentar minha família”, acrescenta.

O que diz o bilhete

“Sou Yago. Preciso da sua ajuda! Como? Prestando serviço com roçadeira. Se precisar, me ligue. Telefone: (48) 99817-4269”.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Casa de Repouso Bom Jesus inaugura oficina recreativa, em Criciúma

Solidariedade: engajamento da população garante realização da cirurgia de Davi

Campanha Inverno Jovem Solidário arrecada doações, em Orleans

Interessados podem doar roupas, sapatos, cobertores, alimentos etc. Ação é promovida pelo Setor da Juventude da Paróquia Santa Otília.

Agências do Sine de Santa Catarina contam com quase 1,7 mil vagas de emprego abertas

A lista de oportunidades disponíveis pode ser acessada no aplicativo Sine Fácil, disponível para smartphones.