Geral

Jovens de Lauro Müller viajam nesta quinta para participarem da Jornada Mundial da Juventude

No total, cerca de 600 jovens da Diocese de Criciúma estarão presentes no evento

A vinda do Papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro, é considerada um momento especial para milhares de pessoas do mundo inteiro, afinal o Brasil está sendo o primeiro país a ser visitado após o pontífice ter assumido. No meio desta multidão de fiéis que acompanham os passos do Papa Francisco no Brasil, muitos jovens católicos da região preparam-se desde o início do ano para dar as boas vindas ao pontífice.

Pela primeira vez na história de Lauro Müller, um grupo com 14 pessoas, integrantes de vários movimentos como Cursilho, Grupo de Oração Jovem, Pascom e Pastoral da Juventude, se prepara para viajar à capital carioca nesta quinta-feira (25), onde participarão da JMJ e poderão ver de perto o líder da Igreja Católica. “Estou bastante ansioso, não vejo a hora de chegar ao Rio de Janeiro. São esperados mais de dois milhões de jovens para participarem desta Jornada Mundial da Juventude. Estaremos convivendo com pessoas de diversos países, com culturas e linguagens diferentes, porém estaremos todos unidos pela mesma fé cristã”, relatou o jovem Gustavo Fabro, que é membro da Pastoral da Juventude em Lauro Müller.

A auxiliar administrativa, Morgana Elias, destaca a felicidade em poder participar deste evento, que certamente ficará marcado na história do país e da Igreja Católica. “Será uma experiência única. Poder compartilhar a alegria de ser um jovem da igreja católica já é gratificante, ainda mais com milhares de pessoas de todos os lugares do mundo, que vivem em locais completamente diferentes, mas que no coração levam o mesmo Deus”, pontuou Morgana.

Os jovens participarão de várias atividades durante o evento, como a vigília com o Papa e catequese com os bispos. O grupo da Paróquia Imaculado Coração de Maria, além da bandeira do município de Lauro Müller, já preparou vários utensílios, que representam a região, e que serão levados para trocarem com outros peregrinos, já que este é um hábito tradicional entre os jovens que participam das jornadas mundiais. Camisetas e chaveiros com imagens da Serra do Rio do Rastro, do Castelo construído por Henrique Lage, e da Igreja Matriz, são algumas das lembranças que serão levadas pelos lauromüllenses.

No período em que estiverem no Rio de Janeiro, os jovens ficarão hospedados em alojamentos montados em escolas, salões comunitários, igrejas e casas de famílias. O território que eles ficarão pertence a Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no bairro Riachuelo.

Além dos representantes da paróquia de Lauro Müller, outros jovens da Diocese de Criciúma deverão participar do evento. No total, cerca de 600 jovens da região estarão presentes. O retorno dos lauromüllenses é previsto para quarta-feira, dia 31 de julho.

Saiba quem são os lauromüllenses que irão participar da JMJ

Gustavo Fabro (Cairu/Matriz) – Mateus Buratte (Cairu/Matriz) – Ednaldo Acordi Fontanela (Guatá) – Morgana Elias (Guatá) – João Batista Fontanela (Içarense/Matriz) – Valdemiro Pignatel (Sumaré/Matriz) – Jardel Antunes (Itanema) – Gabriela Machado Schuch (Quilômetro Um) -Janerson Paulo da Rosa (Quilômetro Um)- Juliano Altino de Jesus (Içarense/Matriz) – Ivam Santana (Içarense/Matriz) – Ivania Mattos Cassão (Içarense/Matriz) – Luana Jesuino (Arizona) – Mauricio Doneda Jung (Arizona).

O roteiro do papa

O Papa Francisco chegou ao Brasil na tarde dessa segunda-feira (22), após desfilar em carro aberto por algumas ruas do Rio de Janeiro, o pontífice se reuniu com autoridades políticas do país. Nos sete dias em que ficará no Brasil para participar da 28ª edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o papa visitará uma comunidade que recebeu a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e também dedicará um dia para visitar o Santuário de Aparecida de Norte, no interior de São Paulo, onde ele celebrará uma missa especial.

Vigília com o papa Francisco é um dos momentos mais esperados

Com o tema “Ide e fazei discipulos entre todas as nações!”, a 28ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro, será acompanhada por milhares de fiéis. Segundo o Jornal Notisul, entre os momentos mais esperados está a vigília com o papa e a missa de envio, celebrada pelo pontífice.

Ambas as ações, no próximo sábado, serão abertas para todos os peregrinos. As celebrações serão realizadas no Campus Fidei, em Guaratiba, zona oeste do Rio. Além destes atos, a população está ansiosa para ver o Papa de perto. E isso não será dificultoso, ao que tudo indica.

Até porque o pontífice ordenou que o seu carro fosse aberto. Segundo ele mesmo declarou na semana passada, é chegado o momento de a igreja “sair” para as ruas.

Será a primeira vez que um Papa circulará fora de Roma no jipe aberto em mais de 30 anos. Esta é a primeira viagem internacional do Papa, e ele desembarcará em uma das cidades com maior diversidade religiosa do país.

Em comparação com o quadro nacional, o Rio tem menos católicos e mais evangélicos, espíritas, praticantes de umbanda e candomblé e também de pessoas sem religião.

Colaboração: Natália Cesino

  • 4621c6263010553f642d37c216feeda3
  • p18073ddin1liadvt1dd3b2ecp23
  • p18073ddin14mt1s1u4tg1lhpkfg4