Geral

Júri em Criciúma condena homem a 15 anos de prisão por homicídio qualificado

Segundo a denúncia, o réu golpeou a vítima durante banho de sol, que desacordada foi ferida por múltiplos golpes na região cervical, no tórax e nos membros superiores

Divulgação

Um homem foi condenado, em Sessão do Tribunal do Júri da comarca de Criciúma, a 15 anos de prisão pelo homicídio de um detento ocorrido em janeiro de 2019, no Presídio Regional de Criciúma. O julgamento foi promovido na última quinta-feira (5/8).

Segundo a denúncia, o réu golpeou a vítima durante banho de sol, que desacordada foi ferida por múltiplos golpes na região cervical, no tórax e nos membros superiores. O crime teria sido cometido por ordem de uma organização criminosa que desejava um acerto de contas com a vítima.

Na sessão, o Conselho de Sentença reconheceu que o homicídio foi praticado por torpe e com emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. O réu foi condenado a 15 anos de reclusão, em regime inicial fechado, e a ele foi negado o direito de recorrer em liberdade. Cabe recurso da decisão ao TJSC. (Ação Penal 0000008-10.2019.8.24.0020)

Notícias Relacionadas

Motociclista tem ponta do dedo amputada após colisão com caminhonete em Urussanga

O homem, de 41 anos, também apresentava suspeita de traumatismo craniano, suspeita de hemorragia interna e fratura exposta no joelho.

Polícia Civil de Orleans incinera drogas apreendidas e avaliadas em R$ 150 mil

Tabletes e porções de cocaína, crack e maconha foram apreendidos em por volta de 30 procedimentos, tais como inquéritos e autos de prisão em flagrante.

Santa Catarina Mais Renda Empresarial começa atendimento de MEIs

A partir do dia 30 de setembro, a parceria se estenderá com o Sicoob em 95 municípios catarinenses.

Respiradores: Justiça nega devolução de dinheiro bloqueado

O juiz Petroncini usou os mesmos argumentos para anunciar a nova negativa.