Geral

Júri em Criciúma condena réu a 22 anos por morte de homem carbonizado em porta-malas

Segundo a denúncia, o crime aconteceu na manhã do dia 25 de dezembro de 2017, no bairro Renascer

Divulgação

Um homem foi condenado a 22 anos e dez meses de prisão por homicídio triplamente qualificado em que a vítima foi carbonizada dentro de um carro em Criciúma. A sessão do Tribunal do Júri foi promovida na comarca da cidade-sede na última sexta-feira (4/3), sob a presidência do juiz substituto Guilherme Costa Cesconetto.

Segundo a denúncia, o crime aconteceu na manhã do dia 25 de dezembro de 2017, no bairro Renascer. A vítima teria emprestado seu automóvel em troca de drogas e, após a demora na devolução do veículo, teria ameaçado chamar a polícia. O réu, que estava foragido e suspeitou que a vítima pudesse informar sua localização às autoridades, ordenou sua morte. O homem foi agredido até desmaiar, amarrado com fios de cobre e colocado no porta-malas do próprio veículo. O automóvel foi levado a um terreno baldio, incendiado com a vítima ainda viva dentro dele. O homem morreu carbonizado.

O réu foi condenado por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, com emprego de fogo e recurso que dificultou a defesa da vítima, além de corrupção de menores, a pena de 22 anos, dez meses e 12 dias de reclusão, em regime inicialmente fechado. Cabe recurso da decisão ao TJSC (Ação Penal 0005316-61.2018.8.24.0020).

Notícias Relacionadas

SC monitora varíola do macaco após 90 casos confirmados em ao menos 12 países

Até o momento, não há registros de casos de varíola dos macacos no Brasil; vírus é semelhante ao da varíola humana, inclusive nos sintomas

Dívida de R$ 2 mil motivou tiros contra sargento da PM em SC

Policial Militar foi vítima de uma tentativa de homicídio na madrugada do último sábado (21); quatro suspeitos foram presos

SC tem quase 100% de taxa de ocupação de leitos de UTI pediátricos e neonatais

Ocupação de leitos de UTI pediátricos chega a 97,9% no Estado; bebê de dois meses aguarda abertura de leito em hospital da Capital para realizar cirurgia

Barco vira e pescador é resgatado por helicóptero da Polícia Civil que fazia treinamento em SC

Resgate começou quando populares começaram a acenar para a tripulação. Vítima se chocou contra o barco.