Geral

Júri popular em Criciúma condena réu por morte de adolescente

Corpo da vítima foi encontrado em córrego do bairro Quarta Linha.

Divulgação

Sessão do Tribunal do Júri realizado hoje, 28/08, na comarca de Criciúma, condenou um jovem de 20 anos por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. O crime aconteceu em julho de 2017. Segundo a denúncia, após uma discussão, a vítima tentou atingir o réu com uma faca que carregava, mas foi desarmada. Ela recebeu golpes de faca e um corte profundo na garganta, causa de sua morte. O corpo do adolescente foi encontrado, dias depois, boiando em um córrego próximo a um campo de futebol no bairro Quarta Linha, em Criciúma.

O Conselho de Sentença reconheceu, por maioria de votos, que o crime foi praticado mediante meio cruel, pela lesão na região anterior do pescoço, e dissimulação, uma vez que atraiu a vítima a local ermo e pouco iluminado sob pretexto de consumirem drogas juntos, e ocultação de cadáver. O réu foi condenado a 13 anos de reclusão, em regime fechado, e ao pagamento de 10 dias-multa.

Colaboração: Comunicação PJSC

Notícias Relacionadas

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Após mais de 2 meses desaparecida, adolescente de 13 anos é resgatada de acampamento em mata de SC

Polícia Civil investiga suspeita de cárcere privado. Vizinho de 51 anos é procurado.

Júri em Turvo condena mandante e executores de homicídio motivado por disputa de terras

O crime ocorreu em 5 de agosto de 2014, na Serra da Rocinha, no município de Timbé do Sul.