Saúde

Justiça determina que SPDM pague salários atrasados dos funcionários do Hospital de Araranguá

Depósito precisa ser feito até terça, sob pena de multa de R$ 500 mil. Determinação é do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região.

Foto: Sindisaúde/Divulgação

A Justiça do Trabalho determinou em audiência na tarde desta sexta-feira (22) em Araranguá, no Sul catarinense, que a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) faça o pagamento dos salários de novembro dos funcionários do Hospital Regional de Araranguá (HRA), no valor de R$ 1,772 milhão. O depósito precisa ser feito até terça (26), sob pena de multa de R$ 500 mil, segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região.

O Sindisaúde de Criciúma e Região ainda não se manifestou sobre a decisão. A SPDM disse em nota que “as contas da SPDM foram desbloqueadas para que esta possa realizar o pagamento dos salários. O estado adiantou parte da parcela do mês de Dezembro/2017, sendo possível realizar o pagamento da segunda parcela do 13º Salário”.

O secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, participou da audiência e afirmou que “o dinheiro deverá entrar na conta dos funcionários na data de hoje [sexta] ou no próximo dia de abertura dos bancos”.

Greve e mudança de gestão

Os trabalhadores do Hospital de Araranguá estão em greve desde o dia 9 de dezembro para pedir o pagamento dos salários de novembro. Na unidade, são atendidos somente os pacientes já internados e casos de urgência e emergência. O sindicato que representa os 534 funcionários disse que eles só vão voltar a atender normalmente depois que forem pagos.

Com informações do G1SC

Notícias Relacionadas

Legislativo aprova parceria entre ACIVA e Prefeitura para instalação de câmeras de monitoramento em Araranguá

Projeto aprovado por unanimidade no legislativo prevê a instalação de dez câmeras de monitoramento em Araranguá

Convênio de R$ 260 mil entre prefeitura e hospital é celebrado em Braço do Norte

O montante será destinado ao custeio da saúde, equilíbrio da folha de pagamento e recesso de final de ano.

Polícia Civil prende traficantes, drogas e armas durante Operação “Favela do Ucca”, em Araranguá

Ação conjunta contou com cerca de 30 policiais de diversas cidades do Extremo Sul.

Negociação salarial de comerciários será definida na Justiça em Araranguá

A medida foi adotada visto que a data base já foi estendida em um mês, e mesmo assim não se chegou a um consenso.