Saúde

Laboratório sem alvará e suspeito de irregularidades em testes de Covid tem atividades suspensas em SC

Além da proibição do serviço, o local foi alvo de cinco mandados de busca e apreensão.

Divulgação

Um laboratório suspeito de aplicar testes de Covid-19 sem alvará sanitário e com irreguralidades em utilizar exames e termômetros sem o número de registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi alvo de cinco mandados de busca e apreensão em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense. As atividades foram suspensas no local na terça-feira (7).

A ação foi solicitada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e cumprida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). Uma investigação conduzida pelo órgão apontou que, mesmo interditado desde maio por falta da documentação de funcionamento, a empresa continuou aberta. O nome do laboratório investigado não foi divulgado.

A Vigilância Sanitária apontou ainda que laudos de teste de Covid-19 seriam emitidos por profissionais não autorizados e aplicados em locais inadequados. Além disso, a empresa não estaria alimentando o sistema oficial do Ministério da Saúde (E-SUS/VE) para acompanhamento e estatísticas da pandemia.

Na terça, a 2ª Vara Criminal da cidade determinou o recolhimento de todos os laudos de exames realizados nas unidades laboratoriais e todo material de operação como testes, termômetros e aparelhos.

A decisão da Justiça catarinense também determinou a instalação de uma placa em frente ao local com a seguinte informação: “as atividades da empresa estão suspensas por força da decisão judicial da 2ª Vara Criminal da Comarca de Balneário Camboriú”.

O laboratório deve se abster de realizar qualquer tipo de atendimento até que as atividades sejam devidamente regularizadas. Caso descumprida a ordem, poderá ser decretada a prisão preventiva dos envolvidos, informou o MPSC.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, desde a última segunda-feira (17)

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 4

Valor mínimo para cada família é de R$ 400

Entenda por que está tão quente em Santa Catarina

Estado tem registrado temperaturas históricas neste início do ano, com temperaturas acima dos 40 ºC

Mulher leva mais de 20 facadas em São Ludgero; autor do crime fugiu

Um dos filhos da vítima afirmou que o homem chegou à residência a pé, entrou dentro da casa, esfaqueou a mãe e depois saiu correndo com a faca e, logo após, o possível autor fugiu do local com um veículo Fiat Uno de cor vermelha