Segurança

Latrocida é preso junto com quadrilha em operação da Polícia Civil, em Criciúma

Jovem de 21 anos é apontado como assassino de dona Lila Colonetti.

Latrocída é preso junto com quadrilha

Foto: Divulgação / Canal Içara

O jovem de 21 anos, apontado como assassino de Ana Edwiges Colonetti, a dona Lila Colonetti, ex-presidente do Lions Club, de 69 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (9), durante uma operação da Polícia Civil.

Após mais de cinco meses de monitoramento, a polícia prendeu uma das mais violentas quadrilhas da região. Durante a operação, quatro pessoas foram presas em uma residência de madeira de cerca de 80 metros quadrados no bairro São Defende, em Criciúma. Entre os presos, estava também um jovem de 22 anos, apontado como autor do assalto a uma construtora de Içara.

Segundo o investigador Ernani Bonfanti, em entrevista ao Canal Içara, o latrocida havia herdado a chefia do tráfico em Balneário Rincão com a morte do Banha, em 24 de março de 2016, no Rio Grande do Sul. Ele chegou a fugir para São João Batista, onde um dos comparsas foi detido, mas antes de a polícia cumprir os mandados de busca e apreensão, já havia retornado para o Sul do estado para cometer novos crimes. Entre eles, o assalto a uma construtora, inclusive, com a arma reconhecida. Ele era procurado ainda por roubo e tráfico e homicídio.

Além dos dois, um homem de 39 anos e outro de 37 também foram surpreendidos, reagiram e acabaram detidos com uso da força. No local, houve a apreensão de uma pistola 380 e um revólver calibre 38. Conforme informações do Portal Engeplus, os investigadores recolheram também dois Gols possivelmente usados nos crimes, 25g de crack, 50g de maconha e anotações usadas para o tráfico.

Notícias Relacionadas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

PRF prende quadrilha especializada em furto de roupas em shopping centers na região de Tubarão

Os suspeitos confessaram que furtaram as roupas de lojas da região no final de semana e estavam indo vender as roupas em Tubarão.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito