Geral

Lauro Müller presta homenagens e se despede do vereador Ronaldo da Silva, o Gaguinho

Aos 33 anos, o mecânico, vereador e presidente do PP de Lauro Müller partiu precocemente, após acidente de trabalho registrado neste sábado, 26.

Divulgação

O sábado de Carnaval tornou-se atípico em Lauro Müller. A folia deu lugar ao luto e a alegria foi substituída por uma enorme tristeza. O atuante vereador Ronaldo da Silva, o Gaguinho, 33 anos, não deixa um vazio apenas no Poder Legislativo, mas também no coração de cada lauromüllense. Trabalhador e humilde, se dedicou arduamente, desde 2013, em prol dos munícipes, principalmente dos mais necessitados.

O corpo está sendo velado nas dependências da Câmara de Vereadores e o sepultamento será no Cemitério Santa Barbara, neste domingo, dia 27, após missa de corpo presente às 8 horas na Casa Legislativa. Centenas de pessoas se despediram e prestaram homenagem tanto presencialmente quanto nas redes sociais. Durante o velório, inclusive, houve registro de fila devido ao grande número de pessoas que compareceram. Gaguinho residia no bairro Arizona, era casado e pai de duas filhas.

A fatalidade

Na madrugada deste sábado, dia 26, a fatalidade foi registrada, tirando precocemente a vida de Gaguinho. Em nota, a Carbonífera Metropolitana S/A lamentou o ocorrido. Segundo a nota, ele atuava como mecânico e o acidente fatal ocorreu em superfície, durante deslocamento na estrada entre Mina Esperança Leste e o pátio de operações da empresa, em Treviso. As causas estão sendo apuradas pelo Departamento de Segurança.

O verdadeiro representante do povo

Gaguinho foi eleito vereador pela primeira vez em 2012, com apenas 23 anos. Naquele ano, foi o mais jovem a ser eleito, com 359 votos. O bom trabalho realizado em prol da população resultou em duas reeleições nos anos de 2016 e 2020. No segundo semestre de 2018, assumiu a presidência da Casa Legislativa e, em dezembro de 2021, tornou-se presidente do Partido Progressista (PP) de Lauro Müller, em cerimônia que lotou o Balneário Godinho, sendo aclamado por apoiadores do partido e lideranças municipais e estaduais.

Atuante em diversas causas, sempre fez questão de ouvir os munícipes a fim de representar de fato a vontade do povo. Sem dúvida, tinha vontade de sobra para fazer muito mais, não fosse o triste incidente. O presidente da Câmara de Vereadores de Lauro Müller, Lindomar Cataneo (PSD), manifestou publicamente o sentimento de pesar aos familiares e amigos do vereador Gaguinho em nome do Poder Legislativo.

Homenagens póstumas

O ex-vice-presidente, ex-presidente do PP de Lauro Müller e empresário, Ramiris Fontenella, que é amigo de longa data de Gaguinho, se manifestou a respeito do ocorrido. “Ele foi aquele amigo fiel, verdadeiro. Nos conhecemos lá na adolescência, gurizada, compartilhávamos as mesmas paixões, som automotivo, carro rebaixado e caminhão. Andávamos sempre juntos, grudados, confidentes, dividimos desde as alegrias das festas até as dores das perdas, ambos perdemos as mães precocemente e um podia entender o que o outro senti”, relembrou.

“Em 2012, quando surgiu a necessidade em que eu fosse candidato a vice-prefeito, convidei aquele simples menino do Arizona para então pleitear uma vaga na Câmara de Vereadores. Gago que só, tímido, acanhado, não achando jeito de negar esse pedido, acabou aceitando. Menino destemido e trabalhador, foi eleito pela sua vontade de ser diferente, fazendo a população acreditar naquele jovem e que ele poderia ajudar a construir uma cidade melhor. Vai com deus Gaguinho”, acrescentou.

O grupo “Notícias LM e Região”, que conta com mais de 250 membros, ficou totalmente voltado para as homenagens neste sábado. Entre as inúmeras pessoas que se manifestaram, estava Junior Warmeling. “Só agradecer a esse grande cidadão por tudo que lutou para o bem de nossa cidade. Vai com Deus, meu amigo. Que Deus conforte o coração de toda a família”, escreveu. “Nós perdemos um grande amigo. Uma pessoa do bem, que não media esforços. Vai em paz, Gaguinho. Vai deixar muitas lembranças boas pra nós lauromüllenses. Que Deus dê o conforto para a família e que Deus te receba de braços aberto. Saudades eternas”, lamentou Jadna Bett Luciano Acordi.

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Notícias Relacionadas

Embarcação vira com quatro pescadores no Balneário Rincão

Ocorrência foi atendida pelo Serviço Aeromédico (Saer)

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação