Saúde

Lauro Müller zera fila de espera para cirurgia de catarata

Por meio de um convênio com o Governo do Estado, a Secretaria Municipal de Saúde encaminhou os pacientes para realizarem o procedimento médico

Divulgação/Prefeitura de Lauro Müller

A Secretaria Municipal de Saúde de Lauro Müller encaminhou 21 pessoas que residem no município para o Mutirão de Catarata realizado no Hospital Santa Teresinha – HST, de Braço do Norte, por meio de um convênio com Governo do Estado. A ação, realizada no último sábado e domingo (6 e 7) visou zerar a fila de espera de pacientes que se encontravam cadastrados no Sistema Nacional de Regulação – SISREG.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Carla Zabotti Dias, é uma satisfação poder ver as pessoas que estavam aguardando na fila agora voltando a enxergar normalmente, socializar com a família e amigos e ter uma vida independente.

A catarata é como se fosse uma pele que cresce atrás da íris e acaba impedindo a passagem de raios luminosos que formam a imagem. Isso atrapalha a visão e é responsável pela cegueira de 20 milhões de pessoas no mundo. Cerca de 350 mil são do Brasil. O único procedimento ou tratamento disponível para a catarata é a cirurgia. O problema costuma surgir com o avançar da idade e atinge cerca de 60% dos idosos.

Notícias Relacionadas

Eleições 2020: Com possibilidade de chapa pura, PDT quer oferecer opção ao eleitor de Lauro Müller

O presidente do partido, Manoel Jades Izidoro, falou com exclusividade sobre os preparativos para as eleições municipais.

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.

Van capota e deixa criança gravemente ferida em Lauro Müller

Segundo informações extra-oficiais, a vítima que estava com os pais, foi arremessada para fora do veículo.

Joãozinho da Farmácia atende em novo endereço em Lauro Müller

Farmácia Nossa Senhora Aparecida muda de endereço, mas mantem tradição de 34 anos atendendo agora em frente a Praça Henrique Lage, ao lado da cabeceira da ponte, na entrada da cidade.