Geral

Levado por bandido em roubo de carro, menino de 1 ano e seis meses é entregue aos pais

Um carro golf branco com placas de Braço do Norte, foi furtado no início da tarde deste sábado (20), na Cidade do Vale.

Foto: Divulgação

Um carro golf branco com placas de Braço do Norte, foi furtado no início da tarde deste sábado (20), na Cidade do Vale. No veículo, um bebê de 1 ano e seis meses estava no banco traseiro preso a cadeirinha.

O ladrão saiu em fuga em direção à Tubarão e foi parado e preso após 40 quilômetros na BR-101, já na Cidade Azul. Participaram da perseguição por ruas e na rodovia federal as polícias Civil e Militar, e a Guarda Municipal de Tubarão, que conseguiu abordar o carro.

O homem conhecido como Coringa, de 24 anos, possui diversas passagens por furto e roubo. Após ter sido abordado pela Guarda Municipal de Tubarão foi preso em flagrante e levado para a Central de Plantão Policial de Tubarão. De lá, deve ir para o presídio.

Na delegacia, o pai prestou depoimento e ele e a esposa se encontraram com o filho e também os agentes de segurança pública do município e do Estado. De lá retornaram para Braço do Norte.

Com informações do Jornal Notisul

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Santa Catarina tem a menor taxa de desocupação do país em junho, aponta IBGE

Ainda segundo a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), Santa Catarina se mantém com o menor percentual de pessoas na informalidade.

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país

O objetivo da pesquisa foi saber a opinião dos cidadãos sobre a possibilidade de escolher seu fornecedor e até mesmo de produzir sua própria energia.

Coronavírus em SC: Estado é o primeiro do país a realizar rastreamento de sintomas nas comunidades

Um estudo da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciado no dia 20 de julho, permitiu que profissionais da atenção básica já realizassem aproximadamente 18,2 mil entrevistas.