Saúde

Levantamento aponta déficit alarmante na vacinação de enfermeiros em SC

Dados do Coren/SC mostram que profissionais de 52 municípios ainda não foram imunizados contra a Covid-19; maior percentual é na região Oeste

Divulgação

Ao menos 671 profissionais de enfermagem, com atuação em 52 municípios, ainda não foram vacinados contra Covid-19 em Santa Catarina, de acordo com levantamento parcial do Coren/SC (Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina).

A pesquisa é realizada desde 13 de abril, em parceria com a SES (Secretaria de Estado da Saúde). O objetivo é mensurar a demanda pela vacinação de profissionais da área, para planejar com as autoridades estaduais uma ação para garantir a imunização. Os dados continuam sendo coletados neste link.

Na primeira parcial, com dados até 19 de abril, havia 590 profissionais sem vacina. Entre os dias 20 e 26, período do novo recorte, outros 81 se somaram à lista. Dos 671, mais de 150 atuam como autônomos ou cuidadores.

O Coren/SC ressalta que realiza a filtragem e conferência das informações de cadastro e situação profissional de cada um dos que responderam à pesquisa. Segundo o órgão, há checagem de nomes, municípios de atuação e inscrição profissional.

Profissionais não vacinados por região

Oeste: 54%
Norte: 10%
Serrana: 5%
Vale do Itajaí: 19%
Grande Florianópolis: 54%
Sul: 5%
O presidente do Coren/SC, Gelson Albuquerque, ressaltou a urgência da vacinação. “O levantamento vai perdurar enquanto houver profissional sem a necessária imunização. Seguiremos compartilhando as informações, mas solicitamos a urgência e reiteramos a importância de sincronizarmos as ações para assegurar, neste momento, a demanda desses 671 profissionais.”

A SES e a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) foram procuradas por e-mail na manhã desta segunda-feira (3), mas não retornaram até o meio-dia.

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Colisão seguida de atropelamento mata motociclista na SC-100, em Balneário Rincão

O motociclista, de 48 anos, colidiu em um carro e, em seguida, foi atropelado por uma Van, cujo condutor estava embriagado.

Morador de Orleans, bicampeão mundial de Futsal Vini Capita lança livro

Em “Capitão de sua própria história”, o craque compartilha, além de sua trajetória, seus principais aprendizados.

Associação dos Haitianos de Criciúma reforça pedido de ajuda

Dois irmãos precisam retornar ao país de origem e para isso precisam de R$ 4 mil para arcar com despesas de passagem.

Mega-Sena acumula, e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões

Prêmio para acertadores de cinco dezenas fica em R$ 28,2 mil.