Educação

Lições de uma crise

A quarentena está nos proporcionando muitos aprendizados, mas talvez muitos não têm se dado conta.

Divulgação

Nada na vida é por acaso, tudo tem sua hora, nada fica sem resposta… Esses e tantos outros ditos populares são comuns em nosso cotidiano. Digo isso em referência ao momento que o mundo está vivendo, e ainda acrescento: muitas lições serão aprendidas com a crise do coronavírus.

Quem nunca ouviu falar que uma crise, seja ela qual for, é uma oportunidade de transformação, de novos aprendizados, e só aprende quem querer? A crise que nos abateu nada mais é do que o Universo nos desafiando para lidarmos com o presente com coragem, determinação, ousadia, mas acima de tudo com fé e firme propósito de mudar certas posturas em relação à vida que estamos vivendo. Mais do que nunca, esta será uma crise pedagógica, pois está nos ensinando a praticar a solidariedade, o amor ao próximo. Ensina-nos o poder da união, o valor da liberdade, a importância de preservar a vida do próximo para que a nossa seja preservada. Precisamos melhorar nossos relacionamentos interpessoais, dar mais atenção a quem vive ao nosso redor; respeitar mais o Planeta; evitar o consumo exagerado; definir prioridades em nossas vidas; lutar por uma sociedade mais consciente e menos egoísta para que haja preservação da vida humana.

A quarentena está nos proporcionando muitos aprendizados, mas talvez muitos não têm se dado conta. Não há uma receita pronta para vencer a pandemia, pois cada país, cada região tem suas características distintas, mas podemos aprender com as experiências de todos. Aprendemos que a informação é a principal defesa para conter a doença, no entanto ainda temos idiotas usando as redes sociais, os meios de comunicação em massa para difundir informações falsas ou sem embasamento científico criando o pânico social. Aprendemos também que os estelionatários continuam de plantão; que ainda somos muito egoístas… Descobrimos que a criatividade faz a diferença… É possível, quem sabe, o home office possa ser uma prática permanente, em alguns setores, e os pais possam estar mais presentes na vida dos filhos, pelo menos para a hora das refeições? Os pais aprenderam a brincar com os filhos, e descobriram o verdadeiro valor de uma família unida, e, sem dúvida, valorizarão mais os professores por cuidarem do patrimônio maior da humanidade. Aprendemos que é preciso cuidar da saúde física e mental o ano todo, e que os hábitos adquiridos neste momento de caos, sirvam para todos os dias do ano. Manter a saúde com alimentação saudável, bastante água, exercícios físicos, leitura, dormir o necessário devem ser práticas cotidianas. Tirar um tempo para isso, mesmo no corre-corre diário. Como diz o velho provérbio “quem não aprende pelo amor, aprende pela dor”.

Nesses momentos de pânico, a humanidade descobriu que nada somos frente a grandeza do Criador do Universo. Nunca ouvimos tanto clamor a Deus como nesse momento. Até quem nunca Nele acreditou, rendeu-se em orações. Não esqueçam que Ele deve ser presença constante em nossas vidas, e que a fé despertada deve ser uma prática permanente.

Lembrem-se: com Deus, solidariedade, confiança e cooperação combateremos o vírus. Depende de nós.

Notícias Relacionadas

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

STF autoriza SC a utilizar recursos do pagamento da dívida com a União no enfrentamento da Covid-19

O pedido foi protocolado pela Procuradoria-Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) para garantir que a União deixe de aplicar qualquer tipo de penalidade ao estado em razão da suspensão dos pagamentos.

Criciúma irá realizar testes rápidos aleatórios para estimar prevalência da Covid-19 em moradores

Ação é pioneira em Santa Catarina e uma das primeiras no Brasil. Secretaria de Saúde e Unesc realizaram levantamento que servirá de critério para aplicação de testes rápidos em moradores, já a partir desta segunda-feira (20)

Após um mês na UTI enfrentando a Covid-19, paciente de Pescaria Brava recebe alta no HNSC, em Tubarão

A paciente deu entrada no Hospital no dia 21 de março, e no dia 27 foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva, onde precisou receber ventilação mecânica.