Segurança

Líder de organização criminosa e dono toneladas de droga é preso em Laguna

No local foram encontrados R$ 30 mil em espécie. Operação contou com policiais de Chapecó.

Divulgação

A Polícia Civil prendeu um homem apontado em investigações como líder de uma organização criminosa envolvida com o transporte de toneladas de drogas, em Santa Catarina, e Mato Grosso do Sul. O homem, de 39 anos, natural de São Miguel do Oeste, foi capturado em Laguna, na sexta-feira, 20, por policiais civis de Chapecó e de Laguna.

A ação foi dentro da 9ª fase da Operação Woodstock Condá coordenada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, com o apoio de policiais civis de Laguna e região. O investigado foi preso em um sítio no bairro Perrexil. Ele tinha prisão preventiva decretada.

Também foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em endereços da cidade, sendo apreendidos no sítio em que o homem estava uma pistola 9mm, maconha e R$ 30 mil. O trabalho contou com o canil de Chapecó. O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

“Ele pode ser considerado um dos maiores traficantes do Estado e possivelmente do Sul do País. Organizava financiamento, logística, transporte e distribuição de toneladas de maconha a partir de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul (fronteira do Brasil com o Paraguai). Após investigações de dois meses, logramos êxito em obter provas de que lidera organização criminosa, transporte e tráfico de toneladas de drogas e armas de fogo”, afirma o delegado da DIC de Chapecó, Rodrigo Moura, destacando a importância da prisão como uma das principais já feita pela DIC.

Entre os carregamentos atribuídos a ele, conforme o delegado, estão o de 5,3 toneladas de maconha apreendidas em Rancho Queimado, em abril deste ano, e outro de 5,6 toneladas de maconha e cocaína recolhidas em Caarapó (MS), em dezembro de 2018.

Woodstock: 56 prisões

Realizada no Oeste catarinense desde 2018, a Operação Woodstock Condá já conta com 56 pessoas presas por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse e porte de armas e integração de organização criminosa em SC.

Com informações do site 4oito 

Notícias Relacionadas

Unisul discute segurança pública com líder do governo na câmara

Esse será o primeiro Ciclo de Palestras, evento realizado pelo Núcleo de Estudos em Sociedade, Segurança e Cidadania da Unisul (Nesc)

Operação apreende menores envolvidos em organização criminosa, em Imbituba

Mais de 140 anos de prisão para 14 réus condenados por organização criminosa em Laguna

As penas aplicadas variam entre 11 anos e oito meses, 10 anos, 9 anos e oito meses, 8 anos e quatro meses e 7 anos e seis meses, além do pagamento de multa.

Salvaro confirma novo líder do governo na Câmara de Vereadores

Função será exercida pelo vereador Aldinei Potelecki. Decisão será comunicada à Câmara nesta segunda-feira (25)