Segurança

Lideranças do tráfico de drogas são presas em Jaguaruna

A operação foi deflagrada na manhã de hoje (6) para o cumprimento dos mandados

Divulgação

Uma operação policial foi deflagrada nos bairros Paulo Cruz e Balneário Camacho, em Jaguaruna, na manhã desta terça-feira (6), para o cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão em residências de pessoas supostamente envolvidas com os crimes de tráfico e de associação para o tráfico de drogas nessas localidades.

A operação, que foi deflagrada após mais de um ano de investigação, sob a coordenação da Delegacia de Polícia de Jaguaruna, culminou na prisão preventiva de duas lideranças do tráfico local: J. S. C. (27 anos) e de E. E. A. H. (25 anos).

A mulher ainda foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, uma vez que escondia mais de meio quilo de maconha em um terreno localizado à frente de sua residência. Outros dois líderes do grupo continuam foragidos.

Os capturados foram encaminhados aos Presídios Feminino e Masculino de Tubarão, onde permanecerão à disposição da Justiça.
Participaram da operação mais de 20 policiais das Delegacias de Polícia Civil de Jaguaruna, Sangão, Treze de Maio, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Grão-Pará, do 4º Pelotão de Polícia Militar de Jaguaruna e do Canil do 5º Batalhão de Polícia Militar de Tubarão.

Com informações do Notisul

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

PRF apreende mais de seis quilos de cocaína após motorista fugir da fiscalização na BR-101, em Jaguaruna

A droga estava em um GM/Onix com placas de Criciúma, que não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade.

Três pessoas são presas em Tubarão ao pedir doações para entidade que não existe

Os suspeitos foram presos por estelionato na tarde desta segunda-feira (23)

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito